ESPORTES

Jacobina realiza a 34ª Corrida Duque de Caxias

25 de agosto de 2019, 11:23

Foto: Reprodução - Arquivos pessoais

Na manhã deste domingo (25), Jacobina recebeu a 34ª edição da Corrida Duque de Caxias. O evento, que faz parte do calendário esportivo da cidade e da Bahia é realizado pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Esporte e Lazer, contou com mais de mil e 300 inscritos.

Os vencedores das provas masculina e feminina, de 10 km, foram os atletas Marcos Fernandes da Cruz, de 35 anos (equipe JC Corb) e  Marily dos Santos, de 41 anos (equipe Ferbase), respectivamente.

Uma das mais tradicionais corridas de rua do Brasil, a Duque de Caxias de Jacobina, outrora respeitada e literalmente disputada por atletas de todo o país e até mesmo do exterior, tem sido apequenado a cada ano e corre o risco de cair no ostracismo.

Até este sábado (24), véspera da competição, poucas pessoas sabiam da sua existência. Ao contrário de outros anos, chamou atenção a tímida empolgação da cidade em relação ao evento, aquele, que já foi cogitado em fazer parte do seleto grupo de grandes acontecimentos do Guinness Books, o Livro Mundial dos Recordes, pela quantidade de troféus distribuídos em uma única prova,

A chegada apoteótica dos atletas no Estádio José Rocha, com a Esquadrilha da Fumaça da Força Aérea Brasileira (FAB) e paraquedistas proporcionando inesquecíveis espetáculos no ‘céu’ de Jacobina estão apenas nas lembranças. A mudança do local da chegada para a parte externa do estádio desagradou atletas e grande parte da população que lotava as dependências da maior arena esportiva da Chapada Diamantina.

Florentino Cardozo de Assunção Sobrinho

HISTÓRIA – Criada em 1981, pelo então sargento EB Florentino Cardozo de Assunção Sobrinho, a competição chega este ano em sua 34ª edição, com muitas histórias para contar. A primeira Duque de Caxias, edição municipal, aconteceu no dia 30 de agosto de 1981, tendo como participantes apenas atletas do sexo masculino. Inscreveram-se e participaram da primeira edição da Corrida apenas 302 homens, sendo todos os corredores jacobinenses. João Batista dos Santos foi o primeiro vencedor da prova, seguido por Simplício Vida que se tornou bicampeão ao vencer as duas competições seguidas. As mulheres participaram pela primeira vez em 1983. A corrida tem este nome em referência ao Patrono do Exército Brasileiro.

O prefeito de Jacobina, quando aconteceu a primeira corrida (1981), era o médico Flávio Mesquita Marques, considerado um dos principais apoiadores por acreditar no que naquele momento era um embrião. A repercussão da primeira prova foi tão positiva que no ano seguinte, em 29 de agosto de 1982, aconteceu a sua segunda edição. A aglomeração de pessoas nas ruas foi bem maior, houve a participação efetiva de 394 corredores masculinos, e foram disponibilizados 49 troféus para serem entregues aos vencedores da prova. Neste segundo momento o prefeito já era Carlos Pires Daltro (Doutor Carlito), considerado também como um dos grandes apoiadores e incentivadores do evento. A terceira edição da corrida, com caráter ainda municipal, em 28 de agosto de 1983, contou com a participação de 409 corredores e pela primeira vez teve a participação feminina como atletas corredoras.

Em 1995 a corrida pleiteou uma vaga no Livro dos Recordes, devido a entrega de 410 troféus na sua 11ª edição. Pesquisando outras provas no mundo, Capitão Assunção descobriu a possibilidade de inscrever a corrida nesse quesito, uma vez que nenhuma competição da mesma natureza superava a Duque de Caxias de Jacobina em número de troféus, a mais próxima era uma prova em Barcelona, na Espanha, com 222 troféus distribuídos. O Guinness Book chegou a solicitar documentos que comprovassem o feito, a papelada foi enviada, inclusive pela Federação Baiana de Atletismo, mas nunca houve uma resposta.

 Dado ao grande número de expectadores, o prefeito Carlito Daltro, sugeriu que o local de chegada da prova fosse transferido da Praça Rio Branco para o recém-reformado Estádio José Rocha (O Carlitão da época).

Nos anos 90 começaram os shows aéreos da Esquadrilha da Fumaça e paraquedistas, um espetáculo que lotava os hotéis na semana da corrida, com a população alugando também suas casas para suprir a grande demanda.

Os maiores vencedores da prova é o atleta jacobinense “naturalizado”, Giomar Pereira e Marily dos Santos. Entre outros renomados e famosos atletas que participaram da Corrida Duque de Caxias estão: Florindo Correia (ex-campeão baiano e do nordeste), João Fantasma (ex-campeão baiano), João da Mata (vendedor da São Silvestre, Campeão Brasileiro e Pan-americano), José Nascimento (Equipe do Cruzeiro de BH) e um grupo de corredores internacional, oriundos da República do Quênia, na África Oriental.

Leia mais...

Medina, Mineirinho e Filipinho avançam na abertura da etapa do Taiti

25 de agosto de 2019, 07:56

Foto: Pedro Nunes/Reuters

Medina teve desempenho discreto em sua estreia, mas conseguiu avançar uma etapa – 

Após três dias de poucas ondas e condições desfavoráveis, a etapa do Taiti do Circuito Mundial de Surfe teve início neste sábado. E os brasileiros não decepcionaram em Teahupo’o. Gabriel Medina, Filipe Toledo e Adriano de Souza, o Mineirinho, avançaram direto à terceira fase da sétima etapa da temporada.

Bicampeão mundial, Medina teve desempenho discreto em sua estreia, logo na bateria de abertura da competição. Com 6,13, ele foi superado pelo australiano Soli Bailey (9,50), mas bateu o compatriota Peterson Crisanto (0,77). Assim, não teve problemas para avançar neste início de etapa, nas ondas abaixo do esperado deste sábado.

Melhor brasileiro no ranking da temporada, Filipinho também ficou em segundo lugar em sua bateria. Foi batido pelo francês Joan Duru (9,37), mas, com 8,70, o segundo colocado do ranking superou o havaiano Tyler Newton (3,54).

Também na briga pelas primeiras posições do campeonato, Italo Ferreira foi o único brasileiro a vencer uma bateria neste sábado. Com 12,16, deixou para trás o francês Kauli Vaast (7,07) e o havaiano Sebastian Zietz (1,20). Ele ocupa atualmente o quarto lugar na temporada.

Dono de um título mundial, Mineirinho ficou em segundo lugar em sua disputa, sendo superado pelo japonês Kanoa Igarashi (8,83). Com 5,50, o brasileiro ganhou do compatriota Caio Ibelli (3,70), que precisará passar pela repescagem neste domingo, assim como Crisanto, Michael Rodrigues e Jessé Mendes.

Jadson Andre, Yago Dora, Deivid Silva e Willian Cardoso também avançaram em suas baterias. Eles devem cair na água neste domingo a partir das 14 horas (horário de Brasília), na próxima chamada da competição.

Leia mais...

Felipe Melo pega 4 jogos de suspensão por agredir adversário

23 de agosto de 2019, 14:29

Foto: Adriana Spaca/FramePhoto / Gazeta Press

Palmeiras tem uma baixa importante para a sequência do Campeonato Brasileiro. Expulso no empate contra o Bahia no último dia 11, o volante Felipe Melo foi suspenso por quatro partidas da competição, em decisão unânime durante julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva, na manhã desta sexta-feira. O clube vai recorrer da decisão.

Felipe Melo foi denunciado no artigo 254-A, por “praticar agressão física”, e corria o risco de ficar até 12 jogos fora de atuação. Durante seu depoimento, ele negou qualquer tipo de maldade ou intenção de atingir o rosto do atacante Lucca. No lance, o jogador acertou o adversário com o braço e recebeu cartão vermelho do árbitro Igor Junio Benevuto.

Dessa forma, caso não haja revisão da punição, o volante pode ser desfalque nas partidas contra Flamengo (1º de setembro, no Rio), Goiás (dia 7, em Goiânia) e Fluminense (dia 10, no Allianz Parque) – ele já cumpriu um jogo de suspensão, portanto, restariam esses três compromissos. O clube deseja recorrer para dar condição de jogo para o confronto contra o Rubro-Negro.

Depois dessa expulsão, ele voltou a receber o cartão vermelho contra o Grêmio, na última terça-feira, pelas quartas de final da Libertadores. Essa foi sua quarta expulsão desde a chegada ao clube paulista, em 2017. Dessa forma, ele será desfalque para a partida de volta, que acontece na próxima terça, às 21h30 (de Brasília), no Pacaembu.

 

Leia mais...

Relação entre Vitória e administração da Arena Fonte Nova volta a ‘azedar’

23 de agosto de 2019, 07:53

Foto: Reprodução

Rubro-Negro, por meio do presidente, alega que gestora da Arena quer ‘entregar’ estádio para o Bahia; empresa argumenta que clube não aceita termos para novo vínculo – 

O Vitória e a empresa que administra a Arena Fonte Nova, a Fonte Nova Negócios e Participações S.A., chegaram a um ponto onde a relação apresenta extremo desgaste. Com direito a clara impressão que, mediante a atuação situação, um acordo para que o Leão mande partidas no local se torne algo cada vez mais remoto.

Após o clube de Salvador dar a entender que gostaria de voltar a usar o estádio à margem do Dique, o assunto voltou a ser tratado como possível. Porém, um comunicado emitido pelo Vitória na última quarta-feira (21) deu a entender que, em meio as conversas que duram pouco mais de três meses, havia favorecimento unicamente as questões relativas ao arquirrival Bahia, habitual usuário do estádio:

– Salientamos que ao longo de toda negociação, o Esporte Clube Vitória posicionou-se de modo a compatibilizar não apenas a legalidade do uso daquele equipamento frente a uma pretensa ilegal e imoral exclusividade, mas, também de modo a assegurar a rentabilidade econômico e social de todos os partícipes – dizia parte do comunicado.
No mesmo dia, o site da administradora publicou uma nota frisando que não está fechado a negociações e que a falta de acordo até o momento se deu unicamente pela falta de interesse do clube em aceitar os termos possíveis:

– Este ano, no final do mês de abril, o ECV manifestou seu interesse em voltar a jogar na Arena e foi recebido com toda consideração e atenção, reforçando o nosso total interesse em fechar essa possível parceria. Rapidamente, a Arena forneceu ao clube todas as informações necessárias para que o acordo pudesse ser concretizado. Tais informações respeitavam os contratos em vigor, neste caso em específico, o contrato já firmado com o Esporte Clube Bahia, e davam a opção de estabelecer uma parceria a longo prazo ou não. Com base no seu Contrato de Concessão, a Arena Fonte Nova só pode fechar um novo contrato, respeitando a isonomia dos que já estão em vigor. Contudo, o Esporte Clube Vitória não aceita todas as condições previstas no contrato de longo prazo que a Arena dispõe hoje com o Esporte Clube Bahia.

Em sua rede social, o presidente do Leão da Barra, Paulo Carneiro, publicou uma mensagem atacando de maneira dura principalmente o consorcio que administra o estádio chegando a dizer que a situação se trata “de um golpe”.

Leia mais...

Para-remador morre após barco virar em treino para o Mundial

22 de agosto de 2019, 16:09

Foto: Reprodução

O atleta tinha 33 anos e se preparava para a sua terceira paralimpíada – 

A Federação Internacional de Remo confirmou nesta quinta-feira a morte do para-remador Dzmitry Ryshkevich, da Bielo-Rússia, durante um treino. Ele faleceu afogado, após o seu barco virar durante um treinamento para o Mundial, que vai ser realizado na Áustria, em Linz.

A entidade gestora do remo citou um comunicado da polícia explicando que o dispositivo de flutuação do barco do atleta, de 33 anos, da Bielo-Rússia havia quebrado.

Embora Ryshkevich tenha se libertado dos cintos de segurança do barco, ele, sem ter mobilidade nas pernas, não conseguiu emergir e afundou nas águas do rio Danúbio, em Linz, na última quarta-feira, quando os salva-vidas tentavam se aproximar.

A polícia disse que o corpo de Ryshkevich foi recuperado pela equipe de resgate mais de duas horas depois. Além disso, explicou que as razões para a quebra do equipamento “ainda é desconhecido e está atualmente sob investigação”.

Ryshkevich estava em preparação para competir no seu terceiro campeonato mundial, que está previsto para começar no próximo domingo. O evento será qualificatório para os Jogos Paralímpicos de Tóquio, em 2020.

O presidente do Comitê Paraolímpico Internacional, Andrew Parsons, disse que o incidente é uma “terrível tragédia”. “Os pensamentos de todo o movimento paralímpico estão com a família, amigos, companheiros de equipe e com o Comitê Paralímpico Nacional da Bielo-Rússia”, acrescentou o dirigente.

Leia mais...

Bruno Henrique entra no top 3 dos maiores artilheiros do ano

22 de agosto de 2019, 11:57

Foto: Reprodução

Atacante foi decisivo para o Flamengo contra o Internacional, marcando dois gols no jogo de ida das quartas de final da Libertadores – 

Responsável por cinco das oito finalizações do Flamengo  contra o Internacional, Bruno Henrique deixou o gramado do Maracanã, nesta quarta-feira, consagrado pelos dois gols marcados na vitória do seu time por 2 a 0. Aliás, fazer gols tem sido comum para o atacante nesta temporada.

Bruno chegou a 18 gols em apenas 37 partida no ano, igualando seu recorde na carreira e se tornando o 3º maior goleador do futebol brasileiro em 2019, entre os jogadores da Série A. O jogador deixou para trás Fred, do Cruzeiro, que balançou as redes em 17 oportunidades.

Agora, o camisa 27 da Gávea está atrás apenas de Gabigol, seu companheiro de ataque, e Gilberto, do Bahia. Veja o top 10:

ARTILHEIROS DO ANO NO FUTEBOL BRASILEIRO – Apenas jogadores da Série A

1º – Gabigol – Flamengo – 24 gols
2º – Gilberto – Bahia – 22 gols
3º – Bruno Henrique – Flamengo – 18 gols
4º – Fred – Cruzeiro – 17 gols
5º – Yony González – Fluminense – 15 gols
Luciano – Fluminense/Grêmio – 15 gols
7º – Daniel Amorim – Avaí – 14 gols
Everaldo – Chapecoense – 14 gols
Ricardo Oliveira – Atlético-MG – 14 gols
10º – Alerrandro – Atlético-MG – 13 gols

Leia mais...

Defesa de CR7 admite ter pago para encerrar caso de estupro

21 de agosto de 2019, 05:42

Foto: MARCO BERTORELLO / AFP

Advogados afirmaram que acordo financeiro foi feito no valor de US$ 375 mil para manter o ocorrido em sigilo. Em 2009, Kathryn Mayorga acusou o português de violência sexual – 

A defesa do craque Cristiano Ronaldo admitiu, nesta terça-feira, ter pago US$375 mil (cerca de R$ 1,5 milhão) para encerrar o caso de estupro do qual o atacante português foi acusado por Kathryn Mayorga, em 2009, em um hotel em Las Vegas.

Um documento revelado pela emissora CNN confirma que os advogados do atacante da Juventus (ITA) repassaram o valor para a mulher manter confidencialidade sobre a acusação.

Os advogados de CR7 apresentaram uma ação de acusação de extorsão contra Mayorda, que será incluída no processo, por violar o acordo feito em 2009. Além disso, a defesa afirmou que ela teria apresentado provas suficientes de capacidade mental ao aceitar os termos do acordo.

Em 2018, Kathryn Mayorda chegou a entrar com um processo para invalidar o acordo feito com a defesa do atacante. Ela argumentou que estaria em “frágil estado emocional” na época e que a defesa do astro português teria se aproveitado disso, obrigando-a a assinar o termo. A Polícia de Las Vegas chegou a reabrir o processo, mas logo foi fechado em julho de 2018.

O jogador se manifestou sobre o caso pelas redes sociais em outubro do ano passado. Cristiano Ronaldo negou as acusações feitas e afirmou que o crime sexual é “abominável e que vai contra tudo o que sou e o que acredito”.

Leia mais...

Árbitro de Brasil 1 x 7 Alemanha será treinador na Espanha

20 de agosto de 2019, 12:23

Foto: Reprodução

O mexicano Marco Rodríguez, que se aposentou da arbitragem na goleada alemã no Mineirão em 2014, assumirá o comando do Salamanca.

O mexicano Marco Antonio Rodríguez, de péssima memória para os brasileiros, iniciará uma nova carreira na Espanha. O ex-árbitro, que encerrou sua carreira em 8 de julho de 2014, ao apitar o fim de Brasil 1 x 7 Alemanha na semifinal da Copa do Mundo, no Mineirão, será treinador do Salamanca CF, clube da Segunda Divisão B, equivalente à terceira divisão do futebol espanhol.

Rodríguez, de 45 anos, confirmou a informação que já vinha sendo divulgada no México com uma postagem no avião, rumo à Espanha. “Com convicção do que se espera e do que está por vir”, escreveu no Twitter na segunda-feira, 19.

Ele substituirá seu compatriota José Luis Trejo, que teve sua licença de treinador invalidada pela federação espanhola. Árbitro da Fifa entre 2000 e 2014, Rodríguez trabalhou em três Copas do Mundo (2006, 2010 e 2014). Na última, além do 7 a 1, dirigiu outra recordada partida, o triunfo do Uruguai sobre a Itália, em Natal, marcada pela mordida de Luis Suárez em Giorgio Chiellini.

 

Leia mais...

Daniel Alves cita irresponsabilidade e evita promessas

19 de agosto de 2019, 08:28

Foto: Reprodução

Daniel Alves critica atletas no Brasil e cita irresponsabilidade – 

LUCIANO TRINDADESÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Em sua primeira impressão do futebol brasileiro após 17 anos jogando na Europa, Daniel Alves, 36, disse depois do jogo deste domingo (18), contra o Ceará, que os atletas aqui são mais irresponsáveis em campo e não guardam posição.

Com gol dele, que estreava pelo São Paulo, a equipe venceu por 1 a 0. “Eu vejo, entre aspas, um pouco de irresponsabilidade dos adversários no jogo. Às vezes tem muitos jogadores do mesmo lado, do outro nem tanto. Falta um pouco de posicionamento, mas é porque a equipe está tentando se impor em campo, somar pontos, vitórias e pensar nos objetivos”, afirmou o camisa 10 do São Paulo.

O veterano, de 36 anos, que se consagrou no Barcelona, na Juventus e no PSG jogando, sobretudo, na lateral direita, completou que não vê problema em ser usado como armador, no meio, como foi escalado diante do Ceará.

“São posições que eu domino. Eu joguei muitos anos de meia e atacante, mas construí uma história sendo lateral. Independentemente do lugar que eu jogar, eu consigo entender e que posição do campo eu estou, em que zona do campo estou atuando, para dar o meu melhor.”

Após estrear com gol, Daniel Alves sabe que cumpriu o papel que se esperava dele. Mas com o São paulo a 5 pontos do Santos, líder do Campeonato Brasileiro, ele evitou prometer título ou mais gols. Evitou prometer qualquer coisa, na verdade.

“Não sou político. Não posso prometer nada que não vou cumprir. Prometo só o que posso cumprir, que é minha entrega no dia a dia, minha batalha. Tenho uma estrela diferente, porque sair da roça e conseguir tudo o que eu consegui… Tem uma estrela diferente. É nítido. Vou polir essa estrela para que continue brilhando. O que posso dizer é que não vim para o São Paulo para encerrar a carreira. Vim para lutar e construir uma história aqui e, como em todos os lugares, uma história de vitórias, de conquistas. Esse é meu principal objetivo”, finalizou.   

Leia mais...

São Paulo confia em regularização para Juanfran atuar no domingo

16 de agosto de 2019, 13:05

Foto: © Rubens Chiri / saopaulofc.net

Juanfran foi anunciado como reforço do São Paulo há duas semanas, em dia 3 de agosto – 

Para o lateral-direito Juanfran ficar à disposição do técnico Cuca para o jogo contra o Ceará, domingo, às 16 horas, no Morumbi, o São Paulo precisa regularizar a situação do espanhol até esta sexta-feira. O clube acredita que o nome do jogador será publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) na próxima tarde.

A confiança é tanta na possibilidade de esta inscrição do atleta ser confirmada que o atleta espanhol tem treinado como titular da lateral direita nos últimos dias. Caso aconteça algum imprevisto e ele não seja regularizado a tempo, Igor Vinícius permanecerá na posição.

Juanfran foi anunciado como reforço do São Paulo há duas semanas, em dia 3 de agosto, e chegou à capital paulista quatro dias depois. Como é espanhol, o jogador teve de ir à Polícia Federal para dar entrada no visto de trabalho no Brasil.

Enquanto aguarda a regularização de Juanfran, Cuca já sabe que poderá contar com Daniel Alves. Ele foi anunciado no dia 1º de agosto como reforço e teve o seu nome publicado no BID na última quarta-feira.

A ideia de Cuca é utilizar Daniel Alves no meio de campo e Juanfran na lateral direita. O elenco tem mais dois dias de treinos antes da partida contra o Ceará, que ocupa a nona posição do Brasileirão e vem embalado por duas vitórias na competição. A primeira delas foi obtida sobre o Fortaleza, batido por 2 a 1 no clássico cearense, e a segunda com uma goleada por 4 a 1 diante da Chapecoense, em dois confrontos realizados na Arena Castelão.

Leia mais...

Boas Festas!

VÍDEOS