NOTÍCIAS EM DESTAQUE


Brasil/Política

Exoneração de Roberto Alvim já está publicada no Diário Oficial

17 de janeiro de 2020, 16:32

Municípios/Eleição 2020

Jacobina: Foi dada a largada da Corrida Eleitoral 2020

17 de janeiro de 2020, 15:04

14 pessoas que beberam cerveja Belorizontina correm risco de morte

17 de janeiro de 2020, 16:36

O número de notificações pode aumentar, segundo o superintendente de Vigilância e Saúde do Estado, Felipe Laguardia (Foto: Reprodução)

Os 14 pacientes internados com suspeita de intoxicação por dietilenoglicol depois de beberem a cerveja Belorizontina, da Backer, estão em estado grave e correm risco de morte, segundo a Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais. Todos estão internados na rede privada hospitalar de Belo Horizonte. Até o momento, são 18 notificações de possível intoxicação pela substância, com quatro mortes, sendo três suspeitas e uma confirmada. O número de notificações pode aumentar, segundo o superintendente de Vigilância e Saúde do Estado, Felipe Laguardia. A Vigilância Sanitária de Belo Horizonte colocou em monitoramento outras 16 pessoas que procuraram a rede municipal de saúde e afirmaram terem bebido a Belorizontina. A diretora de Vigilância Epidemiológica da Prefeitura, Lúcia Paixão, afirmou que, com o início dos casos de intoxicação, foi registrado aumento na procura por unidades básicas de saúde e também de pronto-atendimento. Não há, porém, um porcentual que dê dimensão a esse aumento. "O Sistema Único de Saúde (SUS) passou a ser procurado agora, com a divulgação. Muito pelo temor", justificou a diretora. Os 14 pacientes estão sendo tratados com o antídoto para o dietilenoglicol, o etanol. As investigações apontaram também a presença de monoetilenoglicol na produção da Backer e na fábrica da cervejaria. Porém, segundo a Secretaria de Estado de Saúde, todas as intoxicações foram pelo dietilenoglicol. As duas substâncias são altamente tóxicas - ambas provocam danos graves aos rins. Em relação a problemas neurológicos, o dietilenoglicol é um pouco mais brando. Sintomas Os pacientes apresentaram ainda cegueira, perda de movimentos de cima para baixo e paralisia facial. Os sintomas iniciais, dores abdominais e vômitos, começam a ocorrer em até 72 horas depois da ingestão da substância tóxica. O superintendente de Vigilância Sanitária do Estado afirmou que todos os casos suspeitos que chegam são colocados para análise e só depois de confirmado que pode se tratar de contaminação pelo dietilenoglicol é que são acrescentados ao rol de notificações. As autoridades de saúde pedem que, em relação a pessoas que tenham a cerveja em casa, não a joguem no lixo. A entrega deve ser feita, no caso de Belo Horizonte, nas administrações regionais da capital. Quanto aos bares e restaurantes, a recomendação é para que os proprietários dos estabelecimentos entrem em contato com a empresa. A Prefeitura identificou descarte irregular de garrafas da cerveja, conforme a Superintendência de Limpeza Urbana (SLU), responsável pela coleta de lixo na cidade. "Com isso, passa a existir o risco de consumo da bebida por pessoas em situação mais vulnerável", explicou Lúcia Paixão. A Secretaria de Estado da Saúde negocia com a Polícia Civil transferência de tecnologia para exames de identificação da presença do dietilenoglicol, hoje exclusivo no Estado, na rede pública, à corporação.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Exoneração de Roberto Alvim já está publicada no Diário Oficial

17 de janeiro de 2020, 16:32

(Foto: Reprodução)

O governo federal já formalizou no Diário Oficial da União (DOU) a exoneração do dramaturgo Roberto Alvim do cargo de secretário especial da Cultura. A demissão de Alvim está em edição extra do documento que foi publicada na tarde desta sexta-feira, 17. Mais cedo, o presidente Jair Bolsonaro já havia confirmado, em nota, a demissão do secretário. Bolsonaro disse que a situação de Alvim no governo ficou "insustentável" após ele gravar um vídeo com discurso quase idêntico ao do ideólogo nazista Joseph Goebbels. A fala teve ampla repercussão negativa entre autoridades do País e na comunidade judaica nesta manhã, o que contribuiu para a rápida demissão do secretário. "Comunico o desligamento de Roberto Alvim da Secretaria de Cultura do Governo. Um pronunciamento infeliz, ainda que tenha se desculpado, tornou insustentável a sua permanência", escreveu o presidente. Alvim foi nomeado secretário de Cultura em novembro, semanas após ofender a atriz Fernanda Montenegro nas redes sociais. Ele já estava no governo desde junho, como diretor do Centro das Artes Cênicas da Fundação Nacional das Artes (Funarte). Na curta passagem pelo cargo, Alvim ganhou brigas com os ministros da Cidadania, Osmar Terra (MDB), e do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio (PSL), ao receber aval de Bolsonaro para nomear quem quisesse. Na ocasião, Bolsonaro mudou a estrutura da Esplanada para retirar a secretaria de Alvim do guarda-chuva de Terra e evitar atritos entre eles. Toda a estrutura da Cultura agora está vinculada ao Ministério do Turismo.  

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Jacobina: Foi dada a largada da Corrida Eleitoral 2020

17 de janeiro de 2020, 15:04

Tiago Dias tem procurado lideranças para compor seu projeto eleitoral. Ele tem sido visto constantemente com o ex-vereador Carlos de Deus (Foto: Notícia Limpa)

No dia 4 de outubro deste ano acontecerão as eleições para prefeitos e vereadores em todos os municípios brasileiros. Depois de um intervalo de quatro anos, milhões de eleitores voltarão às urnas para a escolha dos seus representantes nos executivos e legislativos municipais e celebrar mais uma edição de um dos principais momentos democrático do país. Apesar de faltar ainda mais de 8 meses para a eleição, a corrida eleitoral já movimenta a vida das cidades. Partidos e grupos políticos buscam apoios, discutem possíveis acordos, se articulam para fechar possíveis formações de chapas e se apressam para juntar seus correligionários. Do outro lado está a população (eleitor), mas precisamente àquela que não perde a oportunidade para fazer suas especulações e apostas. No município de Jacobina não é diferente, os burburinhos são constantes em torno de nomes que já admitiram pré-candidaturas e dos que ainda estão ‘incubados’. Candidato natural, por ter o direito de concorrer à reeleição, o prefeito Luciano Pinheiro leva vantagem por permanecer à frente do Executivo durante toda a campanha e ter a ‘caneta’ para decidir sobre todos os assuntos inerentes à administração pública. Para Luciano, que já revelou sobre a sua vontade de permanecer por mais quatro anos à frente da Prefeitura, a campanha iniciou no primeiro dia do seu mandato, em janeiro de 2017. Contando com o carisma, a empatia e a boa avaliação dos seus dois mandatos como vereador, aparece como surpresa a liderança rural Tiago Manoel Dias Ferreira. Os expressivos 14.921 votos obtidos na primeira eleição que concorreu para deputado estadual, sendo mais de 11 mil em Jacobina, animaram o vereador de 35 anos que é filiado ao Partido Comunista do Brasil (PC do B). O lavrador, como se auto-intitula, tem buscado apoios políticos de diversos partidos, principalmente o Partido dos Trabalhadores (PT), cuja sua sigla é parceira de primeira hora. No início da semana um vídeo gravado pelo ex-prefeito de Jacobina, Rui Macedo, declarando apoio à pré-candidatura de Tiago Dias mexeu com os ânimos políticos da cidade. Por ter sido o chefe do Executivo municipal por duas oportunidades Macedo não deixa de ser uma adesão para se comemorar, mas o fato de o vereador Tiago ter chamado o ex-prefeito de ladrão divide opiniões dos que apostam na vitória do comunista. Para a disputa aparecem também os nomes do ex-prefeito Leopoldo Passos (PSD), que até recentemente estava inelegível por improbidade administrativa, o do ex-deputado federal Amauri Teixeira (PT), que disputou as duas últimas eleições municipais, do ex-chefe de gabinete do governador Rui Costa, Cícero Monteiro (PT) e da diretora do Núcleo Regional de Saúde da Bahia (NRS), Kátia Alves (PP), que concorreu para deputada estadual nas últimas eleições pelo PT. Comendo pelas beiradas, como diz a expressão popular, está o ex-presidente da Câmara de Vereadores de Jacobina, Carlos Ferreira de Deus (PSB). Com uma vida pública elogiada até mesmo pelos seus concorrentes políticos, Carlos de Deus tem a seu favor a experiência política e a transparência com que sempre tratou os recursos públicos. Secretário municipal, vereador, candidato a deputado federal, candidato a prefeito e vice-prefeito, Carlos é visto como um dos melhores nomes para gerir o município de Jacobina. Um dos seus principais feitos foi a construção da nova sede da Câmara de Vereadores, que chama atenção por sua beleza arquitetônica e utilidade, principalmente do amplo plenário. Na ‘Corrida Eleitoral’, diferente de competições esportivas, nem sempre quem ganha é o melhor, e sim o mais votado.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Jacobina: Prefeitura promove ações em apoio à agricultura familiar

17 de janeiro de 2020, 10:09

Agricultores familiares de Barrocão Velho posam para foto após mais um encontro com prepostos da Prefeitura Municipal e Banco do Nordeste (Foto: Ascom/PMJ)

A prefeitura de Jacobina, através das secretarias de Agricultura e do Meio Ambiente, com o apoio do Banco do Nordeste, vem realizando ações de apoio ao pequeno agricultor do município. A Secretaria de Agricultura tem realizado trabalhos de prospecção de projetos nas comunidades e dando apoio na organização dos documentos com objetivo de identificar as necessidades dos produtores rurais em obterem o Cadastro Ambiental Rural (CAR), uma exigência legal para conseguir acessar os recursos do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). O trabalho de realizar o cadastramento no CAR e no CEFIR (Cadastro Estadual Florestal de Imóveis Rurais) ficou sob responsabilidade da Secretaria de Meio Ambiente. Já o Banco do Nordeste, através do programa Agroamigo, recebeu as propostas dos agricultores familiares após visitas às comunidades. O secretário de agricultura do município, Vlamir Mendes, ressalta que a associação rural que tenha interesse em participar ou elaborar projetos busque informações na pasta. Enquanto Daniel Moura, secretário de Meio Ambiente, destaca o trabalho de equipe entre as pastas municipais. Para ele foi de suma importância a união para a viabilização dos projetos. Os trabalhos das secretarias também foram elogiados pelos produtores. O agricultor Ademailton Lima da Silva, conhecido como Poli, ressaltou a importância do apoio do prefeito Luciano Pinheiro em buscar a aproximação do Banco do Nordeste com os agricultores familiares. Poli, que é presidente da Associação Comunitária do Barrocão Velho, ressalta ainda a iniciativa do município em custear as despesas com as emissões do CAR-CEFIR. “Seria inviável o produtor pagar por este serviço”, disse. Conforme o prefeito Luciano Pinheiro é um compromisso da sua administração ser um facilitador da promoção de emprego e renda através de ações que contribuam com o desenvolvimento do município e consequentemente melhore a vida dos seus moradores, seja na zona urbana como na área rural. “Temos o compromisso de trabalhar para melhorar a vida da população, através de ações nas mais diversas áreas, principalmente na área rural onde os agricultores familiares precisam da presença dos serviços do município para amenizar o sofrimento provocado principalmente por longos períodos de estiagens”, salientou o prefeito Luciano.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Secretário da Cultura, Roberto Alvim cita ministro nazista em pronunciamento

17 de janeiro de 2020, 09:01

O secretário especial da Cultura, Roberto Alvim, citou trechos de uma fala do ministro da Propaganda de Hitler, Joseph Goebbels (Foto: Reprodução)

O secretário especial da Cultura, Roberto Alvim, citou trechos de uma fala do ministro da Propaganda de Hitler, Joseph Goebbels, em pronunciamento veiculado pelo órgão nessa 5ª feira (16.jan.2020). “A arte brasileira da próxima década será heroica e será nacional, será dotada de grande capacidade de envolvimento emocional, e será igualmente imperativa, posto que profundamente vinculada às aspirações urgentes do nosso povo – ou então não será nada”. A fala tem semelhança com 1 discurso de Goebbels feito em 8 de maio de de 1933, no hotel Kaiserhof, em Berlim (Alemanha), para diretores de teatro. “A arte alemã da próxima década será heroica, será ferreamente romântica, será objetiva e livre de sentimentalismo, será nacional com grande páthos [potência emocional] e igualmente imperativa e vinculante, ou então não será nada”, disse Goebbels, segundo o livro “Joseph Goebbels: Uma biografia” (Ed. Objetiva), de 2014, escrito pelo historiador alemão Peter Longerich. https://youtu.be/YiO23U59CdU Depois da veiculação do vídeo, o nome de Goebbels passou a ser 1 dos termos mais citados no Twitter durante a madrugada de 6ª feira. O pronunciamento de Alvim foi gravado em uma sala que tem o retrato do presidente Jair Bolsonaro ao fundo, a bandeira brasileira de 1 lado e uma cruz do outro. “O presidente me fez 1 pedido. Ele pediu que eu faça uma cultura que não destrua, mas que salve a nossa juventude. A cultura é a base da pátria. Quando a cultura adoece, o povo adoece junto. E é por isso que queremos uma cultura dinâmica, mas ao mesmo tempo enraizada na nobreza de nossos mitos fundantes.” Durante o vídeo, o secretário anuncia o Prêmio Nacional das Artes. A iniciativa irá destinar mais de R$ 20 milhões para fomentar a produção artística nas 5 regiões brasileiras. Há 7 categorias. O Prêmio irá selecionar 5 óperas, 25 espetáculos teatrais, 25 exposições individuais de pintura e 25 de escultura, 25 contos inéditos, 25 CDs musicais originais e 15 propostas de histórias em quadrinhos. “Trata-se de 1 marco histórico nas artes brasileiras. De relevância imensurável. E sua implementação e perpetuação ao longo dos próximos anos irá redefinir a qualidade da produção cultural em nosso país”, disse Alvim.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Fruta para o verão: quatro superbenefícios da tangerina

17 de janeiro de 2020, 08:47

Nutricionista fala sobre os principais benefícios da tangerina para a saúde (Foto: Reprodução)

Verão sempre combina com hidratação e as frutas são grandes aliadas para manter a saúde em dia na época mais quente do ano. De acordo com Cyntia Maureen, nutricionista e consultora da Superbom, além de ser saborosa, aromática e de consumo prático, a tangerina traz muitos benefícios para o ótimo funcionamento do organismo. Veja os principais: Sistema imunológico A tangerina é rica em vitamina C, um nutriente determinante para aumentar a imunidade, combatendo doenças infecciosas como gripes e resfriados. “Esta vitamina ajuda ainda a elevar a absorção do ferro no processo digestivo, o que auxilia na prevenção da anemia”, afirma. Ação antioxidante As propriedades antioxidantes do fruto ajudam a controlar os níveis do colesterol. O colesterol alto pode causar doenças cardiovasculares como ataques cardíacos ou acidentes vasculares cerebrais (AVCs), que podem ser fatais. Mais ainda, previne o câncer e o envelhecimento das células, ou seja, ajuda a diminuir o aparecimento de rugas e a manter um aspecto saudável da pele. Fonte de energia A tangerina é uma ótima fonte de energia devido aos hidratos de carbono que integram a sua composição e às suas propriedades cítricas. “Assim como a maioria dos alimentos com essas características, a fruta dá mais ânimo ao organismo, e, por consequência, disposição ao corpo para exercer as atividades diárias”, explica a nutricionista. Digestão A presença das fibras, substâncias antioxidantes e da vitamina A contribuem também para acelerar o metabolismo, melhorando o processo digestivo e intestinal. Com isso, a tangerina também atua como agente de desintoxicação do corpo e queima de gorduras localizadas. “É por esse motivo que a fruta é combinada com outros alimentos nos populares sumos detox, potencializando a limpeza do organismo aliada aos demais benefícios para a saúde”, conclui. 

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Liberação saque do FGTS atrasa pagamento do seguro-desemprego

16 de janeiro de 2020, 13:47

Para conceder o seguro-desemprego, o sistema checa informações de outros bancos de dados, como o FGTS, para comprovar demissão sem justa causa (Foto: Reprodução)

A Secretaria de Previdência e Trabalho admitiu nesta quinta-feira, 16, que há um atraso na concessão de seguro-desemorego devido a um erro no sistema relacionado ao saque imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Segundo a secretaria, vinculada ao Ministério da Economia, os pedidos represados desde a segunda semana de dezembro serão liberados até o dia 22. Já os benefícios solicitados a partir do dia 20 deverão ser liberados automaticamente. A questão foi levantada por uma reportagem do portal G1, publicada nesta quinta. Trabalhadores relatam atrasos no tempo de concessão do benefício para quem é demitido sem justa causa devido uma divergência no FGTS, que teve a liberação de até 998 reais por conta no saque imediato, medida do governo para estimular o consumo. A movimentação do FGTS interfere no recebimento do seguro-desemprego. E, se o trabalhador retirar o FGTS por outro motivo além da rescisão do contrato de trabalho, o sistema do seguro-desemprego é notificado e o beneficiário terá de entrar com um recurso administrativo para liberar o benefício. Segundo a Secretaria de Previdência, os problemas começaram a aparecer na segunda quinzena de dezembro e, após a detecção do problema, “o Ministério da Economia iniciou os processos corretivos nos seus sistemas para solucionar a questão, com suporte da Caixa”. A orientação recebida por trabalhadores era entrar com um recurso administrativo, chamado 557. Com isso, o desempregado precisaria esperar a avaliação do recurso, elevando o tempo de espera pelo benefício. O seguro-desemprego leva 30 dias para ser concedido ou negado e o recurso tem prazo de mais 30 para ser avaliado.   “Com a solução, os trabalhadores que apresentaram um recurso administrativo 557 terão os benefícios liberados no que ocorrer primeiro, reprocessamento ou análise do recurso. Já aqueles que não contestaram a negativa terão a liberação do seguro-desemprego de forma automática”, informou o órgão. A Secretaria disse que, por motivos de segurança, é feita uma série de conferências em diversas bases de dados toda vez que o trabalhador entra com o pedido do seguro-desemprego. O processo ocorre para verificar a identidade do trabalhador e realmente tem direito ao benefício. Dentre essas apurações está o registro do FGTS.  Onde deveria constar “demissão sem justa causa” como última informação. Mas, no caso da liberação do saque imediato, não é isso que aparece, causando a pendência e a necessidade do recurso.  “Quando isto acontece, o sistema indica uma pendência e o trabalhador não consegue solicitar o benefício. Isto impede, por exemplo, a concessão de benefícios a trabalhadores que foram demitidos por justa causa ou tiveram seu contrato por prazo determinado encerrado, dois casos que não dão direito ao pagamento”, informou a pasta.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Viagens de ônibus no Brasil estão entre as mais demoradas do mundo

16 de janeiro de 2020, 09:17

Estudo global avaliou a duração de viagens em transportes públicos de 99 metrópoles de 25 países (Foto: Reprodução)

As viagens de ônibus em algumas cidades brasileiras estão entre as mais demoradas do mundo. Isso é o que mostra levantamento realizado pela empresa de aplicativos de  transporte público Moovit, divulgado nesta quarta-feira (15/1). O Rio de Janeiro aparece em 3º lugar num ranking que inclui 99 cidades de 25 países. Brasília é a 11ª onde os passageiros mais tempo ficam nos ônibus. A capital da Turquia, Istambul, fica em primeiro lugar com 1 hora e 11 minutos de tempo médio de deslocamento do ônibus. A Cidade do México fica em segundo com 1 hora e 9 minutos. No Rio de Janeiro, segundo o estudo, os passageiros ficam, em média, 1 hora e 7 minutos dentro do ônibus. Para a doutora em transporte público pela Universidade de Brasília, Adriana Modesto, o estudo sobre a duração do tempo de viagem pecou em não levar em consideração uma distância precisa. Para ela, para se ter um melhor diagnóstico da duração, seria melhor que tivessem feito esse cálculo para se chegar a uma solução.   Dez regiões metropolitanas brasileiras fazem parte do relatório feito pela Moovit. Depois do Rio, Recife (PE) fica em segundo com 1 hora e dois  minutos. A maior cidade do Brasil, São Paulo, fica em terceiro  com o mesmo tempo dos pernambucanos. Brasília fica em  quarto. Belo Horizonte (1 hora), sendo seguida por Salvador (55 minutos),  Curitiba (54 minutos), Fortaleza (53 minutos), Campinas (SP, com 51  minutos) e Porto Alegre (46 minutos).   Além de ter o maior tempo de viagem, o Rio de Janeiro  apresenta o maior percentual de pessoas que levam entre uma  e duas horas para fazer uma viagem longa. Segundo o  estudo, são 36%. Segundo o estudo, 34,26% dos brasilienses ficam na mesma situação. E 5,1% mais de duas horas. O  tempo médio de espera em uma parada de ônibus na capital federal é de 23 minutos, ficando  em segundo lugar no Brasil. Em Recife, que ficou em primeiro, é de 24 minutos.   O estudo ainda mostra que em Brasília, cerca de 27% dos usuários percorrem mais de 1km no trajeto que engloba caminhada até a parada de ônibus/estação nas baldeações até o destino final. Os dados possuem os mesmos percentuais de Lisboa (Portugal). E menor que Nova York (25%), Curitiba (22%), Campinas (20%)  e Recife (19%).   Mais da metade dos brasilienses fazem duas baldeações por viagem. O estudo revela que são 53%. Outros 11% fazem três  ou mais trocas. Nesse aspecto, Brasília surge em segundo lugar. A  distância média das viagens gira em torno de 14,29km.  Sendo assim, Brasília é a primeira cidade brasileira a aparecer na categoria.   A reportagem entrou em contato com o a Secretaria de Transporte e Mobilidade do DF para questionar sobre o motivo da demora  das viagens dos coletivos. De acordo com a pasta, deve ser levado em consideração as grandes distâncias entre as regiões administrativas, o que resulta na demora. Também foi perguntado sobre o tempo de espera nas paradas dos ônibus, que é a segunda maior do Brasil, mas não a secretaria não cometou o assunto.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

NASA estuda cogumelos para construir casas de Marte (Vídeo)

16 de janeiro de 2020, 08:42

A agência espacial norte-americana verificou que as fibras de cogumelos possuem capacidades únicas que podem ser exploradas para criar estruturas robustas (Foto: Reprodução)

Mais do que a viagem até Marte, a NASA está preocupada em encontrar soluções para a formação e sobrevivência de uma colônia no ‘Planeta Vermelho’. É para isso que a divisão de Conceitos Inovadores Avançados da NASA está investigando a viabilidade de usar fungos para construir estruturas habitáveis. A NASA verificou que determinadas partes de cogumelos exibem particularidades únicas que as tornam indicadas para formar estruturas, exibindo uma maior robustez do que seria de esperar. “Estas pequenas fibras constróem estruturas complexas com precisão extrema, expandindo-se para estruturas maiores como cogumelos”, diz comunicado da NASA.  “Quanto criamos um espaço temos liberdade para experimentar com novas ideias e materiais com muita maior liberdade do que teríamos na Terra. E depois destes protótipos serem criados para outros mundos, podemos trazê-los para os nossos”, afirmou uma das investigadoras responsáveis, Lynn Rothschild. Abaixo pode ver um vídeo explicativo da NASA: https://youtu.be/Sxj79jtM1cI

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Mito ou fato: Beber álcool anula o efeito do antibiótico?

16 de janeiro de 2020, 08:01

Muitas pessoas ficam com dúvidas sobre beber álcool quando se está medicado... Mas então, pode ou não? (Foto: Reprodução)

Aideia generalizada é de que quando se está tomando medicação, sobretudo algum tipo de antibiótico, a ingestão de álcool pode anular o efeito do comprimido - mas, será que é mesmo assim? De acordo com informações do hospital português Lusíadas não é de fato verdade que o consumo de álcool impacta no efeito dos antibióticos, nem anula a sua ação terapêutica. No entanto, o hospital alerta que sim o álcool pode de algum modo reduzir o período de tempo que o antibiótico permanece no organismo e na corrente sanguínea em níveis considerados eficazes para combater vírus ou doenças para que foi prescrito.  Por outras palavras as bebidas alcoólicas podem "diminuir a semivida da substância, através do aumento da diurese (aumento da produção de urina), uma vez que o álcool inibe o hormônio antidiurético". Adicionalmente, o álcool pode competir, a nível do fígado, com a eliminação dos antibióticos, aumentando a sua toxicidade bem como a dos antibióticos e de outras substâncias. O hospital aponta ainda que de acordo com o conhecimento científico atual, não existe uma resposta concreta para a pergunta 'posso beber e tomar antibióticos?' Ou seja, para a maioria dos doentes e para a maioria das classes de antibióticos, não há qualquer problema em ingerir moderadamente bebidas alcoólicas durante a ingestão de antibióticos. Tratando-se somente de uma questão de bom senso. A própria Associação Médica Britânica (BMA), não impõe qualquer restrição à associação do álcool com a maioria dos antibióticos. As exceções Ainda assim, existem alguns antibióticos que não podem jamais ser tomados juntamente com álcool. São eles Metronidazol, Tinidazol e cefotetan/cefoxitina e o Bactrim (Sulfametoxazol+Trimetoprim). Se tiver dúvidas sobre o tipo de medicação que está tomando neste momento e o impacto do efeito do álcool, não hesite em consultar um médico ou farmacêutico. 

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Bebê declarado morto por hospital é encontrado chorando por agente funerário

15 de janeiro de 2020, 16:43

Criança chegou a ser transferida para outro hospital, mas veio a óbito (Foto: Reprodução)

A Polícia Civil do Paraná está investigando a morte de um bebê, de 49 dias. Segundo os pais da criança, no domingo (12), Theo Schoenacher Sant’anna foi tido como morto em um hospital, mas encontrado com vida pelo agente funerário horas mais tarde, ainda na unidade. Em seguida, o menino foi transferido de hospital, mas não resistiu e morreu na manhã desta segunda-feira (13). As informações são do Portal G1. De acordo com a família, o bebê foi levado para a Unimed Foz do Iguaçu, no sábado (11), após ter refluxo depois de ingerir uma fórmula a base de leite em pó para ajudá-lo a ganhar peso. O produto teria sido indicado por um pediatra. No hospital, a criança foi medicada e permaneceu internada. No domingo, por volta das 16h30, os médicos declararam a morte do bebê. No entanto, mais tarde um agente funerário ligou para a bisavó da criança afirmando ter encontrado o menino com vida. Depois, a criança foi transferida para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pediátrica do Hospital Ministro Costa Cavalcanti. “Diante do grave quadro clínico em que o paciente se encontrava quando foi admitido na UTI pediátrica da instituição, a equipe tomou todas as medidas cabíveis para salvar a vida do bebê, porém, às 10h54 de hoje [segunda], o bebê foi à óbito e encaminhado ao Instituto Médico Legal [IML]”, informou o hospital. Em entrevista ao G1, os pais da criança disseram que não chegaram a conversar diretamente com o serviço funerário. “A gente quer saber o que aconteceu com ele, porquê ele faleceu, o motivo. A gente quer poder ajudar para que não aconteça de novo com ninguém, que ninguém perca o filho dessa forma repentina”, disse Gabriela Schoenacher Moraes, mãe da criança. A Unimed Foz do Iguaçu informou que o fato é inédito na história do hospital. “Em momento algum o menor saiu do hospital a não ser quando foi encaminhado a unidade de terapia intensiva. Deve ser ressaltado também, que assim que forem efetivadas as apurações necessárias, serão noticiadas as conclusões tomadas”, diz trecho da nota divulgada nas redes sociais. Segundo o comunicado, a unidade vai prestar “todo apoio ao seu alcance” aos familiares da criança e está “a disposição dos órgãos competentes para as informações e esclarecimentos importantes, afim de que os fatos sejam completa e exaustivamente compreendidos e elucidados”.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Óleo invisível’ surpreende banhistas no Nordeste; caso é registrado na Bahia

15 de janeiro de 2020, 11:05

Na Bahia, caso aconteceu na praia de Cumuruxatiba, no município do Prado (Foto: Helene Santos/SVM)

Depois das grandes manchas de óleo nas praias nordestinas, detectadas no ano passado, agora é a vez de um “óleo invisível” e fragmentos do antigo material atormentarem turistas em praias de diversos estados da região. Segundo o site UOL, o óleo é invisível a olho nu e gruda no corpo das pessoas. Um dos casos ocorreu na paradisíaca Barra de São Miguel, no litoral sul de Alagoas, com um casal de turistas. O “óleo invisível” também foi percebido praia de Cupe, no município de Ipojuca, litoral sul do estado de Pernambuco. Pesquisadores dizem se tratar do restante do óleo que atingiu o país no ano passado. Fragmentos do material devem continuar chegando ao litoral. Na Bahia O litoral baiano não escapou desta nova contaminação. No dia 22 de dezembro, um banhista identificou o problema na praia de Cumuruxatiba, no município do Prado (BA), no sul baiano. Nas imagens analisadas por especialistas, há pequenas manchas de óleo pelo corpo do turista. De acordo com a reportagem, a fragmentação do óleo a tamanho invisível a olho nu era algo esperado. Rivelino Martins Cavalcanti, do Laboratório de Avaliação de Contaminantes Orgânicos do Labomar da UFC (Universidade Federal do Ceará), afirma que é um erro achar que o problema terminou com o fim da chegada das grandes manchas no litoral. “Agora que o perigo e o risco estão muito maiores. Cada ressaca que tiver vai jogar um pouco do resto desse óleo”, diz.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Justiça multa Facebook em R$ 6,6 mi por compartilhar dados de usuários

OMinistério da Justiça e da Segurança Pública (MJSP) decidiu multar o Facebook em R$ 6,6 milhões por compartilhamento indevido de dados de usuários cadastrados na rede social. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) nesta segunda-feira, 30.

A multa, aplicada pelo Departamento de proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), órgão do MJSP, acontece após investigação que identificou “prática abusiva” por parte da empresa de tecnologia, que teria deixado vulneráveis dados de 443 mil usuários.

Segundo nota publicada no site da pasta, “o caso começou a ser investigado após notícia veiculada pela mídia, em 4 de abril de 2018, informando que os usuários do Facebook, no País, poderiam ter sofrido com o uso indevido de dados pela consultoria de marketing político Cambridge Analytica”, que ganhou notoriedade global por ter trabalhado na campanha presidencial de Donald Trump, nos Estados Unidos, e também para a campanha do Brexit, como é conhecido o processo de saída do Reino Unido da União Europeia.

Pelo Twitter, o ministro da Justiça, Sérgio Moro, destacou a decisão do ministério e afirmou que “as redes revolucionaram a forma pela qual nos comunicamos e expressamos, mas há questões sobre privacidade a serem consideradas”. O Facebook tem dez dias para recorrer da decisão.

VÍDEOS