Três chás poderosos que combatem as cólicas menstruais

09 de janeiro de 2021, 09:11

A cólica menstrual trata-se de uma dor que afeta a zona pélvica e que pode se manifesta previamente ou durante a menstruação (Foto: Reprodução)

Apesar de regra geral não serem sintoma de um problema grave, a verdade é que as dores menstruais podem muitas vezes impedir ou dificultar a realização de atividades do dia-a-dia, sobretudo quando as incômodas cólicas surgem juntamente com outros sintomas como náuseas, diarreia ou dor nas costas – explica um artigo publicado no blog de saúde Korui.

Se por um lado os analgésicos são uma ótimasolução para aliviar o desconforto; por outro lado, existem alguns chásnaturais que podem também ajudar a atenuar as cólicas.

Anote as sugestões:

Camomila

É um calmante natural. A camomila possui propriedades anti-inflamatórias que diminuem a produção de prostaglandina e atenuam as dores menstruais.

Adicionalmente, promove a produção do aminoácido glicina, que reduz os espasmos musculares e relaxa o útero, reduzindo as cólicas.

Canela

A canela é uma especiaria anti-inflamatória e é um antiespasmódico natural. Atenua ascontrações e a sensação de náusea, outro sintoma comum na menstruação.

Gengibre

Esta raízé rica em propriedades analgésicas e anti-inflamatórias, ou seja a combinação perfeita que ajuda a acabar com as cólicas

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS