TecMundo Brasil é o 3º país que mais faz download de aplicativos no mundo

03 de novembro de 2019, 13:45

(Foto: Reprodução)

Um estudo divulgado pelo Cuponation revelou que o Brasil foi o terceiro país que mais baixou aplicativos ao redor do globo no terceiro trimestre deste ano. O relatório em questão, feito com base em dados do documento Store Intelligence Data Digest, mostra que nosso país perde apenas para Índia e Estados Unidos, que ocupam, respectivamente, a primeira e a segunda posições no ranking.

Outro detalhe mencionado no estudo em questão é o fato de que a maior parte desses dowloads foram feitos na Google Play. Considerando apenas a ela, o Brasil ficaria na segunda posições entre os países com mais downloads (passando de 1,73 bilhão para 2 bilhões comparando o terceiro trimestre de 2018 e o mesmo período deste ano) e perde apenas para a Índia.

(Fonte: Cuponation/Reprodução)
 
Aplicativos mais baixados

Já entre os aplicativos mais baixados como um todo, pudemos ver um aumento na quantidade de vezes que os usuários baixaram apps de lojas online, que representaram uma variação positiva de 17,9% no terceiro trimestre deste ano em uma comparação com o mesmo período de 2018. Isso se deve, entre diversas circunstâncias, aos descontos exclusivos oferecidos nesses softwares e à aproximação da Black Friday.

Disparado à frente encontramos a categoria de games como a que mais cresceu nos últimos meses, e parte disso se deve ao lançamento de Call of Duty: Mobile e alguns outros títulos recentes que certamente caíram no gosto do público.

(Tec Mundo)

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS