Professor preso em SP oferecia filha para favores sexuais por dinheiro

11 de março de 2020, 12:32

Em depoimento, o professor disse que era uma fantasia sexual dele, mas que nenhum ato foi concretizado (Foto: Reprodução/TV TEM)

A Polícia Civil de São Paulo prendeu um professor de 33 anos suspeito de oferecer a filha para atos sexuais em troca de dinheiro, segundo investigação. 

A prisão ocorreu na manhã desta terça-feira, 10, em Assis, no interior de São Paulo, durante operação de combate a pornografia infantil e estupro de vulnerável. As informações são do G1.

Na casa do suspeito em Marília, os policiais encontram fotos e vídeos com cenas pornográficas envolvendo crianças e adolescentes armazenadas em um computador.

A prisão aconteceu após denúncia de que uma mulher estaria compartilhando fotos de crianças nuas e em traje de banho num site de relacionamento. As investigações apontaram que a mulher era, na verdade, um professor da rede pública de Assis e que a linha telefônica dele estava cadastrada com dados falsos de outra professora.

Em depoimento, o professor disse que era uma fantasia sexual dele, mas que nenhum ato foi concretizado.

Em nota, a Secretaria Municipal de Educação de Assis informou, que o servidor da pasta não é professor e não atua em sala de aula, mas ocupa cargo administrativo. Informou  ainda que a prefeitura vai colaborar com as investigações e que a acusação contra ele ocorre fora do serviço público.

Diariamente, crianças e adolescentes são expostos à violência sexual. Até abril de 2019, o Disque 100 recebeu mais de 4 mil denúncias de abuso infantil em todo o Brasil, mas sabemos que esses dados não estão nem perto da realidade, uma vez que ainda é difícil ter estatísticas que realmente abranjam o problema de forma real.

Isso se dá por inúmeros fatores como, por exemplo, pelo preconceito e pelo silêncio das vítimas (que às vezes não entendem o que está acontecendo com elas) e pela “vergonha” e falta de informação sobre o assunto de familiares.

 

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS