Prefeitura de Jacobina irá demolir a Barraca do Flávio

04 de setembro de 2019, 11:17

Noite de terça-feira, 3 de setembro de 2019, Flávio Santana se despede do estabelecimento que leva o seu nome, depois de cerca de 30 anos trabalhando no local (Foto: Gervásio Lima)

Estabelecimento será transferido para uma área onde será implantada a ‘Praça de Alimentação’ do município.

Jacobina amanhece nesta quarta-feira, 4 de setembro, com a notícia que muitos moradores não gostariam de receber. Depois de vários dias de uma verdadeira luta política e judicial, com direito a diversos movimentos públicos, principalmente nas redes sociais, um dos pontos comerciais mais conhecidos da cidade encerra suas atividades. Neste dia, jacobinenses e clientes dão adeus à Barraca do Flávio, situada próxima à Ponte Francisco Rocha Pires, às margens do Rio Itapicuru.

A Barraca do Flávio, que na verdade se chamava ‘Banca de Revistas 2 Lauras’, existia a cerca de 60 anos no mesmo local. O seu atual proprietário, Flávio Santana, adquiriu o estabelecimento na década de 1990. Com o passar dos tempos, com o advento da era digital, a venda de revistas, jornais e afins tiveram uma queda vertiginosa, obrigando as ‘antigas bancas de jornais’ se reinventarem, agregando outros produtos para sobreviverem. E assim fez Flávio, com a falta da procura pelos impressos passou a comercializar outros produtos, tornando a barraca que leva o seu nome o principal ponto comercial do gênero da cidade, o que passou a ser considerado, inclusive, um patrimônio  do município.

A retirada da Barraca do Flávio já vinha sendo cogitada por gestões anteriores, mas sempre foi adiada por conta da pressão popular. Enquanto muitos caracterizam perseguição política, o município alega reordenação urbana, pois a localização do empreendimento acarreta riscos para transeuntes que muitas vezes eram impedidos de utilizar a calçada.

A gota d´água foi um anúncio postado nas redes sociais, onde a ‘barraca’ estaria à venda. Após denúncia à Ouvidoria da Municipal, a Prefeitura determinou a retirada da mesma.

Conforme informações de Flávio Santana, a Prefeitura de Jacobina garantiu um espaço para a transferência de seu ponto comercial na área onde será implantada a ‘Praça de Alimentação’, nas proximidades do Mercado Velho, na Praça Getúlio Vargas. Ao agradecer pelo apoio dos amigos e clientes, Flávio informou ainda que o acordo que fez com o município ‘ficou bom para ambos’.

Nas redes sociais muitas pessoas se pronunciaram. Veja abaixo alguns dos posicionamentos postados. Para preservar a identidade das fontes, não revelamos os nomes dos autores:

“Infelizmente nosso amigo perdeu a guerra. Cresci vendo ele trabalhado, estou com o coração partido, isso foi uma injustiça”.

“Sei que está sendo dolorida para muita gente a despedida desse point que marcou a história de muita gente, mas acredito que, e tenho fé em Deus, que será o início de uma nova jornada para essa família humilde e querida que é a família de Flávio. Imagino a dor que nosso amigo Flávio está sentido de tá se despedindo desse ponto que praticamente ele passou e se dedicou a grande parte de sua vida, mas repito, tem males, que vem para bem, acredito eu, que será o início de uma nova e honrosa etapa de sua vida”. 

“Flávio tenha muita fé em Deus pois ele está preparando uma coisa boa pra você. Fico triste da forma que a barraca  foi fechada mas tenho tenho certeza que as portas vão está abertas  pra você porque você é um cara muito bom e nada faltará em sua casa. Desejo nesse momento difícil que tenha muita força e tudo dará certo, pode acreditar estou torcendo por vocês. Abraços, precisando de um amigo estarei a disposição”.

“Eu também tenho minhas palavras sinceras, várias amizades, resenhas e vitórias na banca do Flávio, e hoje infelizmente esses corruptos hipócritas, ladrões, querem destruir um patrimônio de histórias boas por fator pessoal. Mas como nosso amigo diz, tem mal que vem pra bem. Força negão, tamos juntos  com vc”.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS