Limpar os ouvidos: cuidado com os cotonetes

03 de março de 2020, 07:19

A melhor forma de manter os ouvidos limpos é lavando durante o banho, apenas com água  (Foto: Reprodução)

Com que frequência você limpa os ouvidos com cotonete? Mas você sabia que a limpeza excessiva, principalmente com cotonetes, pode ser prejudicial?

A cera é uma substância produzida pelo próprio organismo para proteger o ouvido de sujeiras, bactérias, fungos e outros elementos nocivos. Ela é liberada pelos movimentos da mandíbula.

Por muito tentadora que seja a limpeza, se a fizermos todos os dias estamos retirando a camada que protege o canal auditivo, deixando o ouvido desprotegido.

Assim, para proteger os ouvidos de infecções, o ideal é limpá-los apenas quando a cera alcança a parte externa da orelha.

Além disso, a melhor forma de manter os ouvidos limpos é lavando durante o banho, apenas com água. 

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS