Agricultura Familiar no São João da Bahia!

18 de junho de 2019, 12:01

(Foto: Reprodução)

São João e agricultura familiar no compasso da alegria e desenvolvimento.

Os nordestinos amam o São João pelas suas raízes tradicionais.
Os festejos têm músicas, comidas, costumes e danças típicas, como forró, quadrilha, fogueira, licor e quentão.

Tudo isso com o abraço amigo e a celebração em família nesta festa típica da região.
Na Bahia, o São João é múltiplo e democrático, agrega todos esses valores.

Para ficar ainda melhor, incluímos a agricultura familiar na festa.
Este contexto somente é possível por causa de ações integradas do Governo do Estado, que envolvem diretamente a SDR e as outras secretarias que apoiam a cultura e os agricultores familiares, atores fundamentais na composição deste brilhante evento.

Acreditamos que uma agricultura familiar forte se constrói através de ações estratégicas com apoio técnico especializado, suporte financeiro, melhoramento genético de sementes, investimento na agroindústria e mentalidade empreendedora para que os agricultores possam ter as condições ideais de mostrar os seus produtos e valores.

No São João da Bahia os agricultores familiares vão expor e comercializar produtos deliciosos, com o selo de qualidade que só quem tem amor pela terra consegue explicar.

O público irá se deparar com saborosos produtos como bolos, licores, pamonhas, canjicas, milho, amendoim, cervejas artesanais e tantas outras maravilhas.
São a cultura e o desenvolvimento rural no compasso perfeito da alegria e progresso.

A Bahia merece.
Viva o São João!

Josias Gomes – Deputado Federal (licenciado) do PT/Bahia e atualmente titular da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR).

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS