Trump diz que ‘algo vai acontecer com a Venezuela’, afirmando que EUA estarão ‘muito envolvidos’

12 de julho de 2020, 11:18

O presidente dos EUA, Donald Trump, disse que não deixou de apoiar Juan Guaidó, mas que o líder da oposição perdeu sua força (Foto: Reprodução)

O presidente norte-americano falou sobre a situação política que a Venezuela atravessa. O tema foi abordado em uma entrevista em Miami, Flórida, emitida no sábado (11) pela mídia Noticias Telemundo.

“Algo vai acontecer com a Venezuela, isso é tudo que posso lhe dizer, algo vai acontecer”, afirmou Trump, acrescentando que, no panorama mencionado, Washington estará “muito envolvido”.

As declarações de Trump surgem após a reunião com militares do Comando Sul dos EUA para discutir a operação antidrogas realizada no Caribe.

​Trump respondeu assim na entrevista sobre a Venezuela com José Díaz Balart à Telemundo News.

“A Venezuela era um país rico há 15 anos e foi destruído por duas pessoas, mas por um sistema, um sistema horrível, chame-o como quiser, mas é um sistema horrível”, disse.

Ele também esclareceu que não deixou de apoiar Juan Guaidó, o autoproclamado presidente interino do país sul-americano.

“Apoio quem quer que tenha o apoio dos venezuelanos. Neste momento, Guaidó parece ser a pessoa escolhida, mas perdeu algum poder”, afirmou Trump.

Anteriormente, a autoridade eleitoral venezuelana anunciou a data da eleição da Assembleia Nacional da Venezuela.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS