Três benefícios fantásticos de comer alho em jejum

02 de setembro de 2020, 07:57

Não é segredo que o alho dá sempre aquele toque especial às refeições e faz maravilhas pela saúde! (Foto: Reprodução)

Esqueça o mau hálito. O alho é um superalimento abundante em vitamina A, B e C e manganês, altamente nutritivo e benéfico para o organismo, segundo um artigo divulgado no portal Nueva Mujer.

Conheça os três super benefícios do alho quando é ingerido em jejum, bom apetite!

1. Combate o fígado gordo

Por conter vitaminas A, B e C, é um condimento que estimula o funcionamento do sistema hepático. Como tal, depura as toxinas e parasitas que se instalam no organismo, fazendo com que o corpo se sinta renovado.

2. Superherói contra o câncer

O alho também pode ser um grande aliado frente ao desenvolvimento de tumores. De acordo com um artigo da American Cancer Society, o enxofre presente no bulbo contribui para eliminar as células cancerígenas.

3. Adeus Colesterol alto

Não resiste a alimentos fritos ou de fast-food e por isso tem o colesterol no limite? Segundo a Fundação Espanhola do Coração, se consumir um dente de alho por dia e em jejum, irá contribuir para a redução dos níveis de gordura no sangue em cerca de 9% – promovendo assim, a ótima saúde cardiovascular. 

Notícias ao Minuto 

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS