Quinta substituição no futebol é aprovada para volta de torneios

08 de maio de 2020, 15:58

Fifa e Ifab discutirão a possibilidade de estender a alteração na regra das substituições para 2021. (Foto: Reprodução)

A Fifa anunciou nesta sexta-feira (8) que a International Board (Ifab), órgão responsável por regulamentar as regras do futebol, autorizou uma mudança na 3ª Lei do Jogo que permite que times façam até cinco substituições.

As equipes, porém, só terão três oportunidades por partida, incluindo o intervalo, para realizar essas alterações. A justificativa é a manutenção da fluidez do jogo, evitando excesso de interrupções.

Competições que permitem uma substituição extra nas prorrogações continuarão autorizadas a manter essa regra, e os jogos desses torneios poderão ter até seis alterações em um jogo.

A medida, que é temporária e vale para competições que terminem até 31 de dezembro deste ano, foi tomada para tentar reduzir a probabilidade de lesões dos atletas, que terão de disputar mais jogos em menos tempo com a paralisação das ligas por conta do novo coronavírus.

A Bundesliga, por exemplo, retomará a atual temporada a partir do próximo dia 16 de maio e quer encerrá-la até 27 de junho. Faltam nove rodadas para o fim do campeonato.

Fifa e Ifab discutirão a possibilidade de estender a alteração na regra das substituições para 2021.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS