Quarenta e cinco pessoas morrem em apenas uma residência nos EUA

15 de abril de 2020, 08:25

Novo coronavírus matou mais de um quarto dos residentes do Canterbury Rehabilitation & Healthcare Center e infetou cerca de 80% (Foto: Reprodução)

Os Estados Unidos são, neste momento, o país mais afetado de todo o mundo pela pandemia, com mais de 600 mil casos confirmados de infecção por Covid-19 e cerca de 26 mil mortes E, no estado da Virginia, registra um caso especialmente delicado.

Segundo o jornal norte-americano The New York Times, o surto encontra-se descontrolado no Canterbury Rehabilitation & Healthcare Center, um lar de idosos situado na cidade de Richmond.

Cerca de um mês após os primeiros casos de infecção terem sido detectados em dois dos cerca de 160 residentes, o novo coronavírus se espalhou e já teria causado a morte de, pelo menos, 45 pessoas.

Este já é o maior número registrado em instituições deste gênero no território norte-americano. A pandemia matou, até à data, mais de um quarto dos residentes e infectou cerca de 80%.

Jim Wright, diretor da equipe de medicina do Canterbury Rehabilitation & Healthcare Center,  alertou para a falta de meios a disposição para combater o surto: “É isso que o vírus quer. Várias pessoas com múltiplas doenças, e todos vivendo em grande proximidade. O vírus adora isso”.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS