Professora se comove com bilhete de mãe de aluno: “ele vai procurar ossada pra gente comer”

14 de março de 2020, 09:18

A mãe enviou um recado para justificar a ausência do filho na escola, informando que o filho iria até um frigorífico para procurar comida (Foto: Reprodução)

É comum encontrar publicações que viralizam na internet, sejam elas engraçadas, de ideais políticos ou comoventes, como o caso da postagem de uma professora, que se comoveu com um bilhete que recebeu da mãe de um aluno e resolveu compartilhar a situação nas redes sociais.

Marleide Martins mora na cidade de Tarauacá, no Acre. Na última terça-feira (10), ela compartilhou o recado recebido, na qual a mãe justificava a ausência do filho na escola: a família precisava encontrar algo para comer.

“Ele não vai hoje para a escola, porque vai para o matadouro (frigorífico) atrás de ossada para nós comer (sic). Aqui em casa não tem nada para comer e nem tenho dinheiro para comprar.  faltando tudo na minha casa, só não a saúde. Graças a Deus”, diz o bilhete.

A professora se comoveu e compartilhou o bilhete. Na publicação, ela escreveu:

“Fiquei imaginando: e se fosse eu? E se fosse você? Isso me sensibiliza muito. Portanto, gostaria de te pedir para doar qualquer alimento que esteja sobrando em sua casa para dar a essa família. Tenho certeza que Deus te dará em dobro”, dizia a publicação.

Dois dias depois da publicação, a professora voltou às redes sociais para agradecer o apoio da população. Segundo descrito em uma nova publicação, várias pessoas se mobilizaram e ajudaram a família do aluno. Ela ainda descreveu que o número de doações foi tanta, que outras famílias também receberão doações.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS