Primeira mulher que foi ao espaço vai ao ponto mais profundo do oceano

10 de junho de 2020, 17:55

Kathy Sullivan, astronauta e oceonógrafa, foi a primeira mulher a andar no espaço e, no último domingo (7), atingiu o ponto mais profundo do oceano (Foto: Brad Barket/Getty Images)

Kathy Sullivan, a primeira mulher a andar no espaço, se tornou agora, aos 68 anos, a primeira mulher a atingir o ponto mais profundo do oceano. No último domingo (7), a astronauta e oceanógrafa mergulhou a 35.810 pés (cerca de 10.915 metros) a fundo da Depressão Challenger, o ponto mais baixo da superfície terrestre, de acordo com a EYOS Expeditions, a empresa que coordenou a logística da missão.

Sullivan e o explorador Victor L. Vescovo passaram cerca de uma hora e meia no local. Lá, a dupla capturou imagens e, depois de quatro horas de viagem até a superfície, contatou um grupo de astronautas da Estação Espacial Internacional, localizada a cerca de 409 quilômetros da Terra.

“Como uma oceanógrafa e astronauta, esse foi um dia extraordinário, vendo a paisagem lunar da Depressão Challenger e depois comparando anotações com os meus colegas na Estação Espacial Internacional sobre nossa extraordinária nave espacial”, declarou Sullivan em comunicado publicado pela EYOS Expeditions na última segunda-feira (8).

Seu colega congratulou Sullivan pela conquista em seu perfil no Twitter. “Acabei de voltar da Depressão Challenger! Minha co-pilota foi a Dr. Kathy Sullivan — agora a primeira mulher a ir até o fundo do oceano e uma ex-astronauta como administradora da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional! Parabéns a ela! Essa foi a minha terceira vez nas profundezas. Ótimo trabalho da equipe, Triton e EYOS”, escreveu.

Continua após a publicidade

Sullivan se juntou à Nasa em 1978 como parte do primeiro grupo de astronautas estadunidenses a incluir mulheres. Em outubro de 1984, ela se tornou a primeira mulher a andar no espaço.

Sua paixão pelo oceano vem de antes de se tornar astronauta. De acordo com o site especializado em história espacial, Collect Space, Sullivan participou de uma das primeiras tentativas de usar um submersível para estudar os processos vulcânicos que formam o oceano.

 

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS