Por que os 11 milhões de brasileiros terraplanistas se escondem nas redes sociais?

27 de fevereiro de 2020, 11:59

Onze milhões de brasileiros são terraplanistas, acreditando piamente que a Terra é plana. A proliferação de tecnologias de comunicação e plataformas de mídia social ajudam a difundir a crença. (Foto: Reprodução)

As redes sociais popularizaram teorias da Terra ser plana e de a gravidade ser um mito.

O fenômeno não é restrito ao Brasil. Um pouco por todo o mundo aumenta o número de terraplanistas.

E nem a recente tragédia com o famoso terraplanista norte-americano Mike Hughes parece ter esfriado os ânimos.

Mas é no Brasil que o fenômeno parece ter mais expressão.

Segundo dados obtidos por pesquisa realizada pelo insuspeito Instituto Datafolha em julho de 2019, cerca de 11 milhões de brasileiros, aproximadamente 7% da população, são terraplanistas.

Foi o primeiro levantamento que mostra, em números, o crescimento do movimento que no Brasil acredita que a Terra é plana.

O escritor Olavo de Carvalho, tido como guru de Bolsonaro, defendeu não haver nada que refute que a Terra é plana.

Em novembro de 2019, teria mesmo lugar em São Paulo a Convenção Nacional da Terra Plana, a Flat Con.

A Terra é mesmo plana?

Ricardo, dono de um restaurante em São Paulo que recusa dar o nome, afirmou à Agência France Press só ter duas certezas neste mundo: “Que vou morrer e que a Terra é plana.”

Ricardo referiu igualmente que “tem havido demasiada controvérsia. Porque é a verdade e isso incomoda as pessoas”, explica.

Os terraplanistas por isso tendem a viver na sombra, sentindo-se perseguidos, quase roçando a paranoia.

Assim, em regra, se comunicam em grupos fechados do WhatsApp, no Facebook e especialmente no YouTube, onde os seus canais são seguidos por dezenas de milhares de pessoas.

É assim no ambiente digital, que os terraplanistas se sentem como peixes na água, podendo compartilhar livremente suas crenças.

Muitos deles são católicos e evangélicos, alegando que abTerra ser plana está escrito no livro Gênesis, da Bíblia.

Outro terraplanista, Anderson Neves, exibe no restaurante de Ricardo um panfleto contra os três grandes na sua opinião mistificadores: Newton, Darwin e Copérnico.

“Quando você olha para o horizonte ou sobe uma montanha e tira fotos, você vê que a Terra não é curva como dizem os livros de ciência”, afirmou Neves.

O movimento tem aproveitado uma recente onda anticientífica e anti-intelectual na sociedade brasileira para ir afirmando.

Curiosamente, um dos maiores seguidores desta corrente é o geofísico Afonso de Vasconcelos, doutor pela Universidade de São Paulo.

No seu canal no YouTube, com 345.000 seguidores, defende que a Terra é plana.

NASA acusada de manipular dados

Todos os terraplanistas creem unanimemente que as imagens de satélite da NASA alegadamente comprovativas de a Terra ser redonda, são manipuladas.

“O homem nunca esteve na Lua, é uma montagem”, afirma Ricardo à Agência France Press, logo indagando: “Alguma vez viu a Torre Eiffel inclinada sobre imagens de satélite?”

“Os terraplanistas são os mais inteligentes. Escreve isso!”, exortou Neves.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS