Polícia apreende bens de família que fez campanha para tratar bebê

01 de março de 2018, 13:50

(Foto: © Reprodução/NSC TV)

O caso de Jonatas ficou conhecido no Brasil após a família conseguir arrecadar quase R$ 4 milhões com uma campanha nas redes sociais.

A família do menino Jonatas, 1 ano e 8 meses, portador de uma doença generativa rara, teve bens apreendidos pela Polícia Civil na manhã desta quinta-feira (1º).

Segundo informa o G1-SC, foram apreendidos um carro avaliado R$ 140 mil, celulares, alianças no valor de R$ 7 mil, relógios e outros objetos na casa da família.

O caso de Jonatas ficou conhecido no Brasil após uma campanha nas redes sociais para ajudar a pagar o tratamento para atrofia muscular espinhal (AME) do menino, que é morador de Joinville, no Norte catarinense. A família conseguiu arrecadar quase R$ 4 milhões.

Os pais da criança são investigados por suspeita de terem usado parte das doações arrecadadas pela campanha “AME Jonatas” para pagar luxos.

De acordo com a delegada responsável pelo caso, Geórgia Bastos, a ação policial faz parte do inquérito. Na sexta-feira (2), a Polícia Civil pretende informar o andamento da investigação.

A NSC TV não conseguiu contato com a família e nem com o advogado.

Quando o dinheiro da família foi bloqueado pela justiça, os pais de Jonatas divulgaram uma nota nas redes sociais:

“Diante das injustas acusações e da difamação que estamos sofrendo na mídia, estamos psicologicamente abalados e contamos com o apoio de todos os amigos para seguir com forças para lutar pela saúde do nosso menino.

Queremos assegurar a todos que nos ajudaram, aos quais moralmente devemos sim satisfação, que graças ao apoio de todos as primeiras doses da medicação do Jonatas já foram adquiridas e ministradas, e TODO o dinheiro tem sido revertido EXCLUSIVAMENTE para o tratamento e bem estar da criança, o que não se limita à medicação, mas diversas outras despesas têm sido arcadas com o valor arrecadado para garantir que o tratamento surta efeito, tal qual o acompanhamento médico constante, adaptação de espaços, dentre outras.

Informamos ainda que as medidas judiciais cabíveis para reparar os danos que estamos sofrendo por essa perseguição midiática já estão sendo tomadas por nossa equipe de advogados. Contamos com as orações e o apoio de todos neste momento difícil. Renato Openkoski. Aline Openkoski.”

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS