PF busca incendiários que combinam por aplicativos ataques à floresta

23 de outubro de 2019, 07:40

(Foto: Reprodução)

Foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão em residências e estabelecimentos ligados aos suspeitos.

A Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta terça-feira, 22, em Novo Progresso, no Pará, a Operação Pacto de Fogo que visa colher novas provas em investigação sobre associação criminosa suspeita de praticar crimes ambientais em reservas e Unidades de Conservação Federais na Amazônia.

Foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão em residências e estabelecimentos ligados aos suspeitos. O objetivo é alcançar “novos elementos de informação sobre os crimes em apuração”.

As investigações tiveram início a partir da divulgação, pela imprensa, de que fazendeiros e produtores rurais da região de Novo Progresso teriam combinado a execução do chamado “Dia do Fogo”. Em 10 de agosto seriam iniciados incêndios em diversas localidades, inclusive Unidades de Conservação Federais na região.

De acordo com a Comunicação Social da PF, a operação recebeu o nome “Pacto de Fogo” ante a divulgação pela imprensa local e nacional de que diversas pessoas teriam combinado, em grupos de aplicativos de mensagem, a data para as ações criminosas.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS