Pessoas mais inteligentes têm mais dificuldade em acordar cedo

30 de julho de 2018, 14:29

Uma nova pesquisa sugere que os indivíduos mais inteligentes, criativos e felizes precisam de dormir durante mais horas

Oestudo intitulado ‘Why Night Owls Are More Intelligent’ (ou ‘ O Porquê de as Corujas Serem Mais Inteligentes’) refere que estar em controle sobre quando se deita e se levanta é um sinal de inteligência.

Clicar no botão do ‘soneca’ é uma invenção relativamente nova e algo para o qual a evolução não preparou o ser humano. Quem costuma ativar a função, para poder dormir mais uns minutos, é mais intelectual, de acordo com os pesquisadores Satoshi Kanazawa and Kaja Perina.

Ignorar a regra que é necessário levantar assim que o alarme toca – e ao invés, ter em atenção aquilo que o corpo precisa – significa que esses indivíduos estão mais propensos a seguirem as suas ambições e a enfrentar as dificuldades e problemas que vão surgindo no dia a dia. Kanazawa e Perina argumentam que tal torna estes indivíduos mais criativos e independentes.

Os resultados desta pesquisa são apoiados por um estudo semelhanterealizado pela Universidade de Southampton, no Reino Unido, que avaliou a situação socioeconômica de 1.229 indivíduos em correlação com os seus padrões de sono.

E revelou que quem se deitava antes das 23h e acordava após as 8h ganhava mais dinheiro e era mais feliz.

Apesar do fato de a criatividade e de a inteligência desabrocharem durante o sono da manhã, a verdade é que dormir muito também não é aconselhável.

De acordo com a organização britânica National Sleep Foundation, os adultos devem dormir entre sete a nove horas por noite, de modo a manterem um estilo de vida saudável, tanto a nível físico como mental.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS