Pesquisadores encontram forma de neutralizar coronavírus em 25 segundos

26 de junho de 2020, 12:09

A universidade norte-americana uniu forças com a companhia Signify, líder no setor de iluminação, levando a uma fantástica descoberta (Foto: Reprodução)

Enquanto esperam uma vacina definitiva, pesquisadores trataram de encontrar maneiras alternativas de neutralizar o vírus.

Os Laboratórios Nacionais de Doenças Contagiosas Emergentes (NEIDL, na sigla em inglês) da Universidade de Boston (EUA) encontraram uma forma de fazer com que partículas do coronavírus desapareçam em segundos.

A universidade norte-americana uniu forças com a companhia Signify, líder no setor de iluminação, levando a uma fantástica descoberta. A radiação ultravioleta é muito eficiente com o SARS-CoV-2, tanto que, usando um equipamento especial, a radiação inativa do vírus.

Os pesquisadores, liderados pelo doutor e professor associado Anthony Griffiths, trataram material inoculado, ou seja, infectado pelo vírus, com diferentes doses de radiação ultravioleta para avaliar a capacidade de inativação desta em várias condições.

As conclusões são surpreendentes: aplicando a radiação pertinente nas condições ótimas, a carga do vírus se reduz em 99,9999% em 25 segundos.

“Os resultados de nossos testes mostram que além de uma dose específica de radiação UV-C, os vírus se inativaram completamente: em segundos já não pudemos detectar nenhum vírus”, disse o doutor Griffiths em uma declaração publicada pela Signify.

A descoberta convida a observar com otimismo o futuro da luta contra o coronavírus. “Estamos muito entusiasmados com estas descobertas e esperarmos que isto acelere o desenvolvimento de produtos que possam ajudar a limitar a propagação da COVID-19”, comenta o doutor.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS