Pastores brasileiros são presos em Portugal suspeitos de tráfico de pessoas

10 de janeiro de 2020, 13:54

s prisões são resultado de uma investigação feita pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), órgão que trata das questões de imigração no país (Foto: Reprodução)

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deteve esta quinta-feira, na zona da Amadora, três pastores evangélicos suspeitos da prática dos crimes de associação de auxílio à imigração ilegal e tráfico de pessoas.

 

Os pastores, dois homens e uma mulher brasileiros, terão alojado cerca de 30 brasileiros, entre elas crianças, num armazém com condições precárias, soube o PÚBLICO. A maioria estava em situação irregular e era forçada a doar o dízimo do seu ordenado à igreja.

Além disso, tinham de pagar o alojamento onde se encontravam, um espaço com divisões em pladur ​sem privacidade, com casas de banho comuns e fracas condições de salubridade.

Os três pastores foram presentes esta sexta-feira a tribunal para interrogatório e aplicação de medidas de coação.

Numa nota de imprensa, o SEF refere que “os cidadãos estrangeiros, angariados pela organização religiosa no país de origem, encontravam-se na sua maioria em situação irregular em Portugal, a exercer atividade laboral subordinada sem o necessário título jurídico válido”.

O gabinete de imprensa, porém, não quis especificar pormenores por o caso estar em segredo de justiça.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS