Para-remador morre após barco virar em treino para o Mundial

22 de agosto de 2019, 16:09

(Foto: Reprodução)

O atleta tinha 33 anos e se preparava para a sua terceira paralimpíada – 

A Federação Internacional de Remo confirmou nesta quinta-feira a morte do para-remador Dzmitry Ryshkevich, da Bielo-Rússia, durante um treino. Ele faleceu afogado, após o seu barco virar durante um treinamento para o Mundial, que vai ser realizado na Áustria, em Linz.

A entidade gestora do remo citou um comunicado da polícia explicando que o dispositivo de flutuação do barco do atleta, de 33 anos, da Bielo-Rússia havia quebrado.

Embora Ryshkevich tenha se libertado dos cintos de segurança do barco, ele, sem ter mobilidade nas pernas, não conseguiu emergir e afundou nas águas do rio Danúbio, em Linz, na última quarta-feira, quando os salva-vidas tentavam se aproximar.

A polícia disse que o corpo de Ryshkevich foi recuperado pela equipe de resgate mais de duas horas depois. Além disso, explicou que as razões para a quebra do equipamento “ainda é desconhecido e está atualmente sob investigação”.

Ryshkevich estava em preparação para competir no seu terceiro campeonato mundial, que está previsto para começar no próximo domingo. O evento será qualificatório para os Jogos Paralímpicos de Tóquio, em 2020.

O presidente do Comitê Paraolímpico Internacional, Andrew Parsons, disse que o incidente é uma “terrível tragédia”. “Os pensamentos de todo o movimento paralímpico estão com a família, amigos, companheiros de equipe e com o Comitê Paralímpico Nacional da Bielo-Rússia”, acrescentou o dirigente.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS