Para a alegria da criançada: aprenda a fazer sequilhos

03 de abril de 2020, 08:33

Este biscoitinho doce e amanteigado faz a felicidade de muitas crianças (Foto: Reprodução)

Quem não se lembra de já ter sentado com uma tigelinha de sequilhos, feito pela mãe ou pela avó? Este biscoitinho doce e amanteigado já fez a felicidade de muitas crianças e agora os adultos podem fazer para seus filhos se deliciarem no lanche da tarde ou para assistirem um bom filminha na tv.

Confira a receita prática e fácil de fazer:

Ingredientes (para 100 biscoitos)

1 lata de Leite condensado

2 ovos

5 colheres sopa de manteiga, em temperatura ambiente (65g)

1 colher chá de sal

1/2 sopa de essência de baunilha

2 colheres sopa de fermento químico em pó

5 xícaras chá de amido de milho, aproximadamente (575g)

Modo de Preparo

Em uma tigela, misture bem o leite condensado com os ovos, a manteiga, o sal, a essência de baunilha e o fermento.

Junte aos poucos o amido de milho, mexendo até obter a consistência de enrolar.

Faça bolinhas, coloque-as em uma assadeira untada com manteiga e polvilhada com farinha bem separadas, deixando uma distância de cerca de 2 cm entre elas, e achate-as ligeiramente com um garfo.

Asse em forno médio-alto (200°C), preaquecido, por cerca de 15 minutos. Sirva.

DICAS:

– Se desejar, substitua o amido de milho pela mesma quantidade de araruta.

– Se desejar, substitua 1 xícara (chá) de amido de milho por 100g de coco seco ralado.

– Esta massa se conserva bem em geladeira até o dia seguinte. Se desejar, após frios, coloque-os em um pote com tampa.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS