NOTÍCIAS EM DESTAQUE


Estilo de vida/Dentes

Por que tenho os dentes amarelos e manchados? Quatro causas

20 de outubro de 2019, 09:49

Depressão/Atividade Física

Sofre de depressão ou ansiedade? 3 bons motivos para praticar exercício

19 de outubro de 2019, 07:49

Nordeste/Desastre Ambiental

Procuradoria entra com ação contra a União por omissão em desastre

19 de outubro de 2019, 07:14

Afastados da política, irmãos Vieira Lima mantém fortuna

06 de outubro de 2019, 06:59

Dois anos após apreensão de R$ 51 mi, Geddel e Lúcio enfrentam julgamento no STF (Foto: Reprodução)

A prisão do ex-ministro Geddel, a não reeleição do ex-deputado federal Lúcio e o indiciamento dos dois irmãos e da mãe deles, Marluce, por lavagem de dinheiro e associação criminosa afastaram a família Vieira Lima do centro das decisões do País, mas não totalmente da política. A apreensão dos R$ 51 milhões em dinheiro em um apartamento em Salvador, em setembro de 2017, também não significou uma derrocada financeira para o clã político baiano. Dois anos após a Operação Tesouro Perdido, as posses da família Vieira Lima somam 12 fazendas, que chegam juntas a 9 mil hectares. Nas propriedades, avaliadas no mercado em cerca de R$ 67 milhões, os Vieira Lima plantam cacau e são donos de 12,7 mil cabeças de gado. Além disso, mesmo afastado do dia a dia da política, o clã ainda preserva alguma influência sobre as decisões políticas do MDB. A despeito de ter prometido se afastar da política para cuidar de sua defesa e dos "negócios da família", Lúcio Vieira Lima tem conversado com lideranças políticas e participado das reuniões das executivas estadual e nacional do MDB como suplente, com direito a voz, mas sem voto. Longe dos holofotes e 25 quilos mais magro por causa de uma reeducação alimentar, Lúcio tem administrado a compra e venda de gado e as plantações de cacau. Reveza-se entre os negócios, reuniões com advogados e caminhadas diárias na Avenida Centenário, em Salvador - próxima à sua casa e a poucos metros do apartamento que ficou conhecido como "bunker". No Instagram, posta quase diariamente fotos com os cachorrinhos Carreirinha e Cotton, ambos da raça Spitz Alemão. A interlocutores, Lúcio avisou que está na "transição para abandonar a política" - o ex-deputado deixará a executiva nacional, que será redefinida na convenção do MDB marcada para hoje. Suas movimentações nem de longe lembram as da época em que era deputado federal, conhecido no Congresso pelos comentários políticos recheados de piadas e palavrões. Hoje, vai a Brasília apenas para acompanhar o processo do qual é alvo no STF e visitar o irmão mais velho no Complexo da Papuda. Na terça-feira passada, o ministro Supremo Tribunal Federal Edson Fachin, relator da ação, votou pela condenação dos dois. O julgamento ainda não foi concluído. Geddel está em prisão preventiva há quase dois anos - o que é visto como "abuso" pela defesa. Abatido e num quadro depressivo, conforme relatos de interlocutores, o ex-ministro fala pouco e tem sentido a distância da família. As decisões contrárias a uma transferência para Salvador e a um habeas corpus mexeram ainda mais com o psicológico do emedebista. Além de um filho pequeno, Geddelzinho, o ex-ministro tem uma ligação muito forte com a mãe, que exercia intensa influência na vida pessoal e política e na condução dos negócios dos filhos. Aos 83 anos e com problemas de saúde, Marluce é acompanhada por enfermeiros e não se locomove sem ajuda de uma cadeira de rodas, segundo amigos da família. Por isso, a matriarca dos Vieira Lima não viu mais o ex-ministro desde que ele foi levado para a Papuda. Recursos A fortuna da família, contudo, segue preservada. Os Vieira Lima possuem investimentos em postos de gasolina e em um renomado restaurante de frutos do mar, frequentado pela elite soteropolitana. Nas eleições de 2018, Lúcio declarou patrimônio de R$ 9,2 milhões em bens (terras, aplicações de renda, ações, depósitos bancários e automóveis, entre outros). Naquele ano, investiu R$ 760,1 mil de recursos próprios (30% dos R$ 2,45 milhões gastos na eleição). Mesmo assim, viu sua votação cair de 220 mil (mais votado da Bahia em 2014) para 55.743 votos entre uma eleição e outra. Com a derrota de Lúcio, foi a primeira vez em 44 anos (desde que o pai, Afrísio, tornou-se deputado federal em 1975) que os Vieira Lima ficaram sem mandato. Lúcio não quis dar entrevista - disse que é para não prejudicar o julgamento em curso no STF. A defesa da família não respondeu às tentativas de contato da reportagem. A tese sustentada, contudo, é de que o processo possui irregularidades. Durante sua sustentação oral na 2.ª Turma do STF, o advogado Gamil Foppel falou em "obsessão em mandar para a cadeia". Além de Geddel, Lúcio e Marluce Vieira Lima, também são réus pelos crimes de lavagem de dinheiro e associação criminosa na ação penal 1.030, aberta depois que foram encontrados os R$ 51 milhões, o ex-assessor parlamentar Job Ribeiro Brandão, que confessou os crimes, e o empresário Luiz Fernando Machado da Costa Filho. A PF identificou impressões digitais de Job nas embalagens de dinheiro. Em depoimento, ele afirmou que tinha a função de contar quantias de dinheiro que variavam entre R$ 50 mil e R$ 100 mil. Já Luiz Fernando Machado é acusado de ter lavado dinheiro por meio de empresas do ramo imobiliário. A defesa alega que ele não tinha conhecimento da ilicitude do dinheiro recebido.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Saber realizar o autoexame pode salvar uma vida. 7 passos a seguir

05 de outubro de 2019, 13:12

O autoexame da mama assume um valor significativo na prevenção da doença (Foto: Reprodução)

Omês de Outubro é definido como o Mês Rosa e pretende alertar e promover a conscientização do câncer de mama. Um dos aspectos mais importantes para prevenir esta doença é alertar a pessoa  para a capacidade de reconhecimento dos sintomas de forma precoce. Segundo o cirurgião plástico David Rasteiro “hoje em dia felizmente já existe uma maior conscientização das mulheres para os perigos do câncer de mama. No entanto o mais importante é seguir alguns passos, como falar com o seu médico e realizar exames regulares que permitam detectar o problema em fase inicial”.   De acordo com Rasteiro, “existem alguns exames que ajudam a detectar a doença. Desde o autoexame da mama por parte da mulher até a uma mamografia de diagnóstico, é possível estar atento aos sinais de alerta”. Outro ponto destacado pelo médico é com relação à frequência dos exames regulares. "Érecomendado entre os 50-69 anos com exames de 2 em 2 anos.”. Caso existam alguns fatores de risco então sim é recomendado mais cedo, podendo ser necessário realizar um exames a partir dos 40 anos. A importância do autoexame O autoexame da mama assume um valor significativo na prevenção da doença. De acordo com o Dr. David Rasteiro “uma mulher deve saber realizar um autoexame de mama. Pequenos gestos podem ser relevantes para detectar um problema”. Este exame deve ser feito mensalmente, para avaliar quaisquer alterações nas mamas. A melhor altura para realizar o autoexame da mama é aproximadamente uma semana depois da menstruação (no final do período menstrual). Se não tem uma menstruação regular, deverá realizar, preferencialmente, sempre no mesmo dia de cada mês. Se notar algo não usual durante o autoexame da mama ou em qualquer outra altura, deve sempre contactar o médico logo que possível. Veja os passos a seguir para a realização do autoexame: 1- Coloque-se de pé (preferencialmente em frente a um espelho). 2- Tenha atenção à posição dos braços. Devem estar caídos ao longo do corpo. 3- O passo seguinte envolve comparar as duas mamas tendo em especial atenção ao tamanho e forma. Tenha em mente que é perfeitamente normal uma mama apresentar maior volume que a outra. Verifique se em alguma das mamas são visíveis nódulos ou pequenas saliências na pele em torno da mama. 4- Após verificar o aspecto geral da mama foque-se na região do mamilo. Deve prestar atenção a eventuais presenças de nódulos ou algum tipo de secreção que seja visível nesta zona. 5- Em seguida deve levantar o braço esquerdo e examinar a mama esquerda com a sua mão direita. Pressione de forma suave com a ponta dos dedos e apalpe toda a mama. Este passo é importante para verificar eventuais caroços ou nódulos que não sejam visíveis antes. 6- A seguir deverá massagear com a mão direita a zona da axila esquerda e a zona abaixo da mama. Mais uma vez a intenção deste passo é detectar eventuais formações anômalas em toda a região que está a observar. 7- Por último repita estes mesmos passos na mama direita de forma a concluir o exame. Para Rasteiro “é importante perceber que este autoexame não substitui a eficácia de análise do exame clínico. Caso sinta alguma alteração na região da mama deve imediatamente procurar o seu médico e realizar os devidos exames para avaliar a situação”.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Encontro Regional de Catadores de Materiais Recicláveis

05 de outubro de 2019, 12:33

DIVULGUE A NOTÍCIA

Manchas de óleo que atingem o Nordeste chegam ao litoral da Bahia

04 de outubro de 2019, 18:33

(Foto: Reprodução)

As manchas de óleo que atingem o mar no Nordeste chegaram ao litoral norte da Bahia, na quinta-feira (3), segundo informações divulgadas pelo Projeto Tamar, que atua na preservação de espécies marinhas em extinção região. De acordo com o biólogo João Arthur, que atua no projeto, há ao menos dois pontos de contaminação. Um deles fica no povoado de Mangue Seco, na cidade de Jandaíra. O outro está na localidade de Siribinha, no município de Conde. Ainda não há detalhes sobre o tamanho da área afetada e nem de perda de espécies na região. O G1 entrou em contato com o Instituto do Meio-Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), que informou que técnicos estão a caminho do local. A reportagem também procurou o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama), mas não recebeu retorno até a publicação desta reportagem. As manchas começaram a aparecer no início de setembro. Até o último balanço do Ibama, divulgado na quinta-feira, a Bahia era o único estado sem contaminação na região. A lista aponta 124 localidades atingidas. Ao todo, 59 municípios foram afetados em 8 estados. O maior aumento foi no estado de Sergipe: no último balanço, apenas 4 praias no estado haviam sido atingidas. Na quinta-feira, eram 10. Dentre as 124 praias afetadas em todo o Nordeste desde o início de setembro, 10 estão em processo de limpeza, 70 ainda tem manchas visíveis e 44 já estão livres da substância na areia. Pelo menos 12 animais foram atingidos pelo óleo – nove tartarugas e uma ave foram encontradas mortas ou morreram após o resgate. Uma investigação do Ibama aponta que as manchas são de petróleo puro e que todas as amostras têm a mesma origem, mas ainda não é possível afirmar de onde ele veio. Em nota, a Petrobras afirma que o material não é produzido pela companhia. A suspeita é que o petróleo tenha vindo de navios que passam pela região, segundo a Agência Estadual de Meio Ambiente de Pernambuco (CPRH), que está analisando imagens de satélite da costa. A pesquisa, no entanto, ainda está em estágio inicial. (G1/BA)

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Hyundai quer produzir carros voadores e terá ajuda de ex-NASA

04 de outubro de 2019, 16:00

A marca sul-coreana anunciou a criação de uma divisão dedicada a veículos voadores (Foto: Reprodução)

AHyundai Motor Group anunciou a criação de uma nova divisão dedicada ao desenvolvimento veículos aéreos, divisão esta que será liderada por um ex-engenheiro da NASA, Jaiwon Shin. De acordo com o comunicado da Hyundai partilhado pelo TechCrunch, a divisão liderada por Shin terá o objetivo de desenvolver “tecnologias centrais e soluções inovadoras para viagens aéreas seguras e eficientes”. Dada a experiência de Shin com projetos de aeronáutica enquanto esteve na agência espacial norte-americana, é esperado que a Hyundai venha a ter vantagem no segmento aéreo que se avizinha. Vale lembrar, no entanto, que a empresa sul-coreana não é a única a ter grandes planos para veículos aéreos. Empresas com a Uber ou a Airbus, por exemplo, têm-se mostrado ambiciosas e podem vir a ser rivais de peso.  

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Cinzas de Gandhi são roubadas de templo na Índia

04 de outubro de 2019, 07:29

No memorial, pôster em homenagem aos 150 anos de nascimento do líder indiano é vandalizado com a palavra 'traidor' (Foto: Reprodução)

Em meio às comemorações do 150° aniversário de Mahatma Gandhi, na Índia, parte de suas cinzas foram roubadas do memorial Bapu Bhawan, no distrito de Rewa, no estado Madhya Pradesh. Um pôster de Gandhi no local também foi vandalizado com a palavra “traidor”. Segundo o jornal India Today, o crime foi descoberto pelo líder de um partido político local, Gurmeet Singh, que iria homenagear o “pai da nação” junto de outros políticos. “Isso aparenta ter sido feito por apoiadores de Nathuram Godse, o assassino de Gandhi. Esse ódio deve parar imediatamente, e a polícia deve agir rapidamente para identificar e prender os culpados”, Singh disse. “Eu espero que a polícia de Rewa analise as câmeras instaladas dentro do memorial. Isso é inaceitável”, completou. Questionado pelo portal de notícias The Wire, o zelador do memorial, Mangaldeep Tiwari, disse que abriu os portões de Bhawan no começo da manhã para as comemorações do aniversário de Ghandi. “Quando voltei, por volta das 11 da manhã, eu não encontrei os restos mortais e o pôster estava vandalizado”, disse. Gandhi é considerado o “pai da nação” por ter guiado o país para a independência do Reino Unido, em 1947. Porém, os hindus mais radicais acusam Gandhi de ter sido muito favorável aos muçulmanos. Ele foi assassinado por um hindu extremista um ano após a independência do país. Seu corpo foi cremado, e as cinzas foram enviadas em urnas para diversos memoriais pela Índia. As tensões religiosas na Índia vêm aumentando desde a campanha de reeleição do primeiro-ministro, Narendra Modi, sob uma plataforma nacionalista-hindu. A deputada Pragya Thakur, aliada de Modi, foi reeleita em meio a polêmicas, como chamar o assassino de Ghandi de “patriota”.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Afinal, devemos retirar o bolor da comida e aproveitar o resto?

04 de outubro de 2019, 06:56

Não mata, mas... (Foto: Reprodução)

Apresença de bolor nos alimentos é um dos sinais da sua deterioração. Porém, na tentativa de evitar o desperdício alimentar, há quem opte por remover a parcela bolorenta e consumir o resto. Mas, ainda que o bolor aparente estar apenas na superfície, as suas raízes podem estar no interior dos alimentos, o que faz com que a remoção da parte visível não seja suficiente para extrair a parte infectada. Segundo o gastroenterologista norte-americano Rudolph Bedford, apesar de algumas substâncias produzidas pelo bolor poderem ser prejudiciais para a saúde - como as micotoxinas - estas não são fatais e podem ser digeridas "como qualquer outro alimento", explicou à revista Women's Health. Já a aflatoxina, produzida por bolores, é uma substância cancerígena perigosa. E como é melhor prevenir do que remediar, o mais seguro é descartar os alimentos bolorentos no lixo. Queijo: um caso relativo Entre os alimentos mais propensos a ganhar bolor encontra-se o queijo, um favorito das casas e restaurantes do país. Os queijos produzidos com o auxílio de fungos - como o Roquefort, Gorgonzola e Camembert - estão próprios para consumo. No caso dos queijos curados e dos queijos considerados duros e semi-duros - como o parmesão ou o queijo suíço - basta retirar a camada de bolor visível e pode comer o restante. O mesmo não acontece com as variedades consideradas suaves - como o cottage, a ricotta e os queijos cremosos - que não devem ser consumidos caso contenham bolor.  Bolor no pão e fruta No que diz respeito ao pão e as frutas, o mais seguro é mesmo jogar fora os alimentos infectados. Isto porque o pão é muito poroso, o que se traduz numa maior liberdade para o bolor se alastrar. O mesmo acontece nas frutas de casca fina, como morangos, uvas, maçãs, peras, pêssegos e ameixas.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Desfile infantil no programa Silvio Santos vira alvo da Promotoria

03 de outubro de 2019, 15:37

O programa do SBT foi alvo de críticas por exibir meninas de 7 e 8 anos usando maiôs (Foto: Reprodução/SBT)

O Ministério Público do Trabalho (MPT) em São Paulo e a Promotoria de Justiça de Osasco vão instaurar inquéritos para investigar um concurso de miss infantil promovido no programa do apresentador Silvio Santos, do SBT. O evento foi televisionado no dia 22 de setembro e motivou críticas nas redes sociais e a preocupação de especialistas. O Instituto de Psiquiatria da Universidade de São Paulo (USP) divulgou nota de repúdio. No programa, meninas, que tinham 7 e 8 anos de idade, eram avaliadas por seus atributos físicos. Durante o concurso, as participantes se apresentaram com uma fantasia, depois vestindo maiô e, em seguida, com um traje de gala. A cada etapa, eram julgadas pela plateia, que escolhia a preferida por meio de voto eletrônico, e por três convidadas. Em um dos momentos, Silvio Santos se dirigiu à plateia. "Agora, vocês do auditório, que estão com o aparelhinho (de votação), vão ver quem tem as pernas mais bonitas, o colo mais bonito, o rosto mais bonito e o conjunto mais bonito", disse o veterano apresentador. Para a procuradora do MPT Ana Maria Vila Real, coordenadora nacional de Combate à Exploração da Criança e do Adolescente (Coordinfância), casos como esse merecem a atenção da sociedade "porque as crianças podem estar sujeitas à erotização e sexualização precoces, a situações adultas, a desgastes emocionais, constrangimentos e exposições". A Promotoria de Justiça de Osasco (SP) também instaurou inquérito civil e requisitou informações à emissora. A investigação está sob sigilo. O coordenador da Assistência Clínica do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP), Táki Athanássios Cordás, alertou para os perigos provocados pela exposição inapropriada das crianças. "Quando a sexualização de uma criança aumenta, também cresce o risco de abuso sexual. Diferentes pesquisas têm relacionado concursos de beleza infantil e a sexualização de crianças, na sua maioria meninas, com o abuso sexual infantil", afirmou o psiquiatra. O grupo de especialistas do qual Cordás faz parte divulgou texto de repúdio à competição, classificada como "vergonhosa". Segundo ele, também há risco de desenvolvimento de transtornos alimentares. "É um modelo de beleza perverso porque aumenta a importância que a criança dá ao corpo e que está relacionado a anorexia e bulimia, controle obsessivo que já acompanhamos entre modelos adultas." Procurado, o SBT afirmou que não vai se manifestar. Legislação A proteção integral da criança está prevista na Constituição Brasileira. O trabalho artístico infantil em regra é proibido por lei para menores de 16 anos, sendo apenas autorizado em situações excepcionais, desde que amparado previamente por alvará judicial e observadas certas condições de natureza protetiva. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

A política não tem maldade, o político sim

03 de outubro de 2019, 14:42

*Por Gervásio Lima - Não bastasse a prática de corrupção, da mentira e da enganação intrínsecas em muitos sujeitos, vítimas e potenciais vítimas de malfeitores estão sujeitas a uma série de outras atrocidades que influenciam diretamente em suas vidas, atingindo desde a social como a pessoal. A perversidade assusta e preocupa, além de ferir o corpo e a alma. O mal machuca e alcança não apenas um sofredor, mas um grande número de sofredores.Todos que buscam uma sociedade mais humana e mais justa esperam daqueles que lhe representam, seja na religião, na educação, na política e outras áreas influenciadoras, a serenidade e a sapiência para se tornarem em verdadeiras referências benignas. Disseminar o ódio não é bom nem para o odioso.Na política, por envolver indivíduos e fazer parte da própria natureza do homem, todo cuidado é pouco para que o seu real papel não seja deturpado. Fazer política é buscar meios para a melhoria da vida seja coletiva, através do sujeito político delegado para a função de representante da população em cargos eletivos do Executivo e Legislativo.Infelizmente, nem sempre o político está para a política e em vez de procurar o bem comum utiliza da prerrogativa de um mandato para pregar a politicagem, não sabendo que o poder político é um dos mecanismos que viabilizam projetos que mudam a vida das pessoas, independente do partido que pertence.O bom político não é aquele defende a bandeira da honestidade, até porque ser honesto não é qualidade e sim obrigação, e sim aquele que tem como premissa o bem estar dos representado, através do oferecimento do acesso às políticas públicas essenciais.Em se tratando do Executivo, não basta querer ser o timoneiro sem ter condições para assumir a função. Executar é mais complexo que legislar, apesar de um não ‘viver sem o outro. E, não necessariamente o bom legislador será um bom gestor, e vice-versa. Quando se trata de cuidar de gente a vaidade não pode sobrepor a realidade. *Jornalista e historiador 

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Convite: Plano de formação continuada

03 de outubro de 2019, 09:49

DIVULGUE A NOTÍCIA

Regras eleitorais: Congresso adia votos e medidas podem não valer em 2020

03 de outubro de 2019, 08:52

Parlamentares mantiveram cinco vetos presidenciais votados nesta quarta e passaram análise das regras eleitorais para a próxima terça (Foto: Reprodução)

O Congresso Nacional transferiu para a próxima terça-feira 8, em sessão marcada para as 14h, a análise do veto ao Projeto de Lei 5029/19, que muda regras eleitorais. Como as próximas eleições estão marcadas para 4 de outubro de 2020 e as mudanças no pleito devem estar publicadas um ano antes, a aplicabilidade de qualquer dispositivo cujo veto tenha sido derrubado depois do próximo dia 4 será decidida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) . Entre os itens vetados nesse projeto destaca-se o trecho que acabava com a referência de 30% do montante destinado a emendas impositivas de bancada para a composição do fundo eleitoral. Assim, caberia à Lei Orçamentária de 2020 definir o valor do fundo sem tomar como parâmetro esses 30% do valor global das emendas que, no projeto de lei orçamentária enviado pelo Executivo, soma 6,7 bilhões de reais. Se fosse seguido esse referencial, o valor total do fundo deveria ser de 2,01 bilhões de reais. Porém, no projeto enviado pelo governo Bolsonaro, são destinados 2,54 bilhões de reais para as eleições municipais. Em relação ao pleito de 2018 (1,72 bilhão de reais), o aumento proposto é de 48%.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Agricultura suspende venda de 33 marcas de azeite por adulteração

03 de outubro de 2019, 08:42

A maior parte das fraudes foi feita com a mistura com óleo de soja e óleos de origem desconhecida

OMinistério da Agricultura, Pecuária a Abastecimento informou hoje (2) que suspendeu a comercialização de 33 marcas de azeite de oliva por terem sido adulteradas. De acordo com a pasta, a maior parte das fraudes foi feita com a mistura com óleo de soja e óleos de origem desconhecida. As marcas que praticaram fraudes foram: Aldeia da Serra; Barcelona; Casa Medeiros; Casalberto; Conde de Torres; Dom Gamiero; Donana (premium); Flor de Espanha; Galo de Barcelos; Imperador; La Valenciana; Lisboa; Malaguenza; Olivaz; Oliveiras do Conde; Olivenza; One; Paschoeto; Porto Real; Porto Valencia; Pramesa; Quinta da Boa Vista; Rioliva; San Domingos; Serra das Oliveiras; Serra de Montejunto; Temperatta; Torezani (premium); Tradição; Tradição Brasileira; Três Pastores; Vale do Madero e Vale Fértil. Segundo o ministério, uma fiscalização da Operação Iris identificou 59 lotes com irregularidades. A operação teve início em 2016, mas os lotes com irregularidades são de coletas feitas em 2017 e 2018. Os lotes suspensos podem ser consultados aqui. “O processo é lento, pois envolve exames laboratoriais, notificação dos fraudadores, perícias, períodos para apresentação de defesa (até dois recursos) e julgamento dos recursos em duas instâncias administrativas”, disse o ministério. Ainda de acordo com a pasta, praticamente não existe mais estoque no mercado desses lotes, e os remanescentes foram destruídos após o julgamento dos processos administrativos. No entanto, é possível que os consumidores encontrem ainda outros lotes das mesmas marcas. A recomendação é que os comerciantes verifquem a procedência do azeite antes de formar os estoques que serão colocados à venda. Caso os supermercados venham a ofertar os produtos, podem ser punidos. “Embora os supermercados tenham sido alertados quanto às marcas que sistematicamente produzem azeite fraudado, muitos comerciantes ainda insistem em vender esse tipo de produto em razão do baixo preço”, ressaltou a pasta. Segundo o ministério, com essas fiscalizações, houve uma redução no número de fraudes, para a qual contribuiu também uma ação realizada em abril do ano passado, quando a falsifcação envolveu 46 marcas.A expectativa é que, a partir de 2020, a fiscalização seja ainda mais rigorosa, com o uso de aparelhos portáteis. Esse aparelhos fazem uma análise preliminar bastante precisa, no momento da fiscalização, sem necessidade de aguardar resultados laboratoriais que, em geral, demoram mais de 30 dias entre a coleta e o recebimento do laudo. Com informação: Agência Brasil

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

FACEBOOK

VÍDEOS