NOTÍCIAS EM DESTAQUE


Dirigente do MST é assassinado em assentamento na Bahia

25 de janeiro de 2018, 08:59

Não há informações sobre o que teria motivado o crime nem do autor dos disparos Um dirigente do MST (Movimento dos Trabalhadores Sem Terra) foi assassinado na noite dessa quarta-feira (24) na cidade de Iramaia, na região da Chapada da Diamantina, Bahia. Márcio Matos, 32, foi morto a tiros na casa onde morava em um assentamento. Não há informações sobre o que teria motivado o crime nem do autor dos disparos. Na página de Márcio no Facebook, amigos postaram mensagens dizendo que ele foi executado "covardemente" na frente do filho menor e que era um "petista guerreiro". Na madrugada desta quinta (25), o MST lamentou nas redes sociais a morte do dirigente, pediu imediata investigação e punição dos culpados. O deputado federal Valmir Assunção (PT-BA) escreveu em suas redes sociais que estava "bastante consternado" com a morte de Matos, que era um "militante exemplar" e "um grande amigo que se foi". Segundo Assunção, Matos acreditava com fervor na capacidade de organização e mobilização do povo baiano e se destacou como um dos principais líderes sem terra da Bahia ainda muito jovem. "Muitas das conquistas que tivemos nos últimos anos tiveram Marcinho como um dos idealizadores", escreveu o deputado. Ao saber da morte de Matos, o governador da Bahia Rui Costa (PT) publicou no Twitter na madrugada desta quinta que determinou à Secretaria de Segurança Pública a imediata e rigorosa apuração do crime.Filiado ao PT (Partido dos Trabalhadores), Matos integrava a corrente interna Esquerda Popular Socialista e atualmente ocupava o cargo de secretário de Administração na Prefeitura de Itaetê.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

De arroz soltinho a tirar sal do feijão: aprenda truques com limão

25 de janeiro de 2018, 08:47

Não é só para fazer suco que ele serve Não é só para preparar sucos e outras receitas que serve o limão. Ele tem outras utilidades listadas pelo livro "Sebastiana Quebra-Galho", segundo o site da "Casa e Jardim". Veja: Deixar o arroz soltinho - quando a primeira água do cozimento do arroz estiver secando, acrescente um pouco de água fria com gotas de limão na panela. Isso ajuda a deixar os grãos mais soltos após cozidos. Tirar o sal em excesso do feijão - basta pingar algumas gotas na panela e deixar ferver bastante. Conservar melhor o açúcar mascavo - para evitar que o açúcar mascavo fique grosso ou empedrado, coloque uma casca de limão dentro do recipiente e mantenha-o fechado. Quando a casca secar, basta substitui-la. Evitar o escurecimento das frutas - coloque frutas, como pêra e maçã depois de cortadas, em uma vasilha com água e algumas gotinhas de limão. Reaproveitar o óleo da fritura de peixes - espere o óleo esfriar, coloque na panela alguns pedacinhos de limão picado e aqueça, fazendo com que o cheiro desapareça e o óleo possa ser usado mais uma vez.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Cuidado: novo golpe no WhatsApp promete Spotify grátis sem anúncios

24 de janeiro de 2018, 14:35

Vítimas são induzidas a enviar dados pessoais e a compartilhar o golpe com contatos do WhatsApp Um novo golpe, que promete Spotify grátis sem anúncios, está circulando no WhatsApp. O golpe se vale de um link malicioso, que está sendo compartilhado no mensageiro.De acordo com site 'Olhar Digital', o link falso utiliza um URL fingindo ser da empresa de música em streaming. No entanto, o nome da empresa está escrito errado. Além disso, o domínio utilizado é o ".net" e não o ".com", como é utilizado pelo serviço real. O anúncio falso repete o comportamento de outros golpes. Ao entrar no link, o usuário é levado a dar seus dados pessoais e a clicar no botão "ativar conta". Depois, as vítimas são induzidas a compartilhar o link com outros contatos.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Pontualidade de pagamento de micro e pequenas empresas sobe a 95,4%, diz Serasa

24 de janeiro de 2018, 13:40

O nível de pontualidade de pagamentos das micro e pequenas empresas subiu em 2017 na comparação com 2016. De acordo com a Serasa Experian, o porcentual de companhias que foram pontuais em quitar suas dívidas foi de 95,4% no ano passado, ante 95% em 2016. Ou seja, a cada mil pagamentos realizados em 2017, 954 foram quitados à vista ou com atraso máximo de sete dias. A despeito do resultado ter ficado um pouco mais elevado do que o apurado em 2016, ficou abaixo dos verificados em 2013, 2014 e 2015. Conforme os economistas da Serasa, o fim da recessão e as sucessivas reduções na taxa básica de juros, tornaram o custo do crédito menos caro, permitindo pequeno avanço da pontualidade de pagamentos das micro e pequenas empresas em 2017. O segmento comercial foi o que teve o maior nível de pagamentos em dia no ano passado, atingindo 96,3%. Na indústria, esse porcentual alcançou 95,2% e chegou a 94% nas micro e pequenas empresas do setor de serviços em 2017. O valor nominal médio dos pagamentos em dia subiu 0,8% no ano passado na comparação com 2016, chegando a R$ 1.938, de R$ 1.923. O montante mais elevado foi registrado pelos pagamentos pontuais das empresas comerciais (R$ 1.950), seguido pelas industriais (R$ 1.929) e pelas do setor de serviços (R$ 1.915).

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

MPF denuncia legistas por laudos falsificados

24 de janeiro de 2018, 11:51

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou os ex-legistas Abeylard de Queiroz Orsini e Antonio Valentini por terem falsificado laudos sobre os assassinatos de Alex de Paula Xavier Pereira e Gelson Reicher durante a ditadura militar. As falsificações contribuíram para a ocultação dos cadáveres e para a impunidade dos autores das mortes das vítimas, que militavam na Ação Libertadora Nacional (ALN), sustenta a Procuradoria. Os crimes nos quais são acusados os ex-legistas ocorreram há 45 anos, mas, para o MPF, não prescrevem. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Rui Costa autoriza R$ 4,5 milhões para o FazAtleta em 2018

24 de janeiro de 2018, 10:29

O Diário Oficial do Estado publicou, nesta quarta-feira (24), a aprovação de recursos do Programa Estadual de Incentivo ao Esporte Amador do Estado da Bahia – FazAtleta. O decreto, assinado pelo governador Rui Costa, destina para o exercício de 2018 o montante de R$ 4,5 milhões, a título de incentivo fiscal, para serem aplicados no Programa. “Com esse decreto, pessoas que fazem esporte ou têm sua associação esportiva vão poder buscar um financiamento do Governo do Estado. Esses recursos são voltados para o patrocínio de atividades esportivas e atletas de alto rendimento”, afirmou o governador. O FazAtleta é destinado a atletas, equipes ranqueadas e eventos que fazem parte do calendário das federações e/ou confederações que se enquadram na categoria de Esporte Amador, Olímpico e Paraolímpico. O apoio aos atletas e paratletas inclui, entre outros, o pagamento de despesas em viagens, aluguel de equipamento esportivo, contratação de seguro de vida, aquisição de material esportivo, além de recebimento de bolsa-auxílio para o atleta que se dedique exclusivamente à prática do esporte e remuneração para o técnico que o acompanha. O programa, que promove o incentivo ao desenvolvimento do esporte amador na Bahia, opera sob a coordenação da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) em parceria com a Secretaria da Fazenda (Sefaz). Entre os anos de 2007 e 2017, o FazAtleta investiu R$ 39,8 milhões em 1.043 projetos de incentivo ao esporte amador, atendendo 707 atletas, 334 eventos e dois projetos de construção de equipamentos esportivos. Com informações da Secom/Ba.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Adriano Imperador inicia treinamentos para voltar ao futebol

24 de janeiro de 2018, 10:10

Em outubro do ano passado, Adriano Imperador anunciou que tinha planos de voltar aos gramados em 2018. Dois meses depois, em dezembro, ele reforçou o que disse antes e ainda afirmou que gostaria de regressar ao Flamengo, jogando até de graça. O clube, por sua vez, não se empolgou, ao contrário da torcida rubro-negra. Mas nesta terça-feira (23), Adriano resolveu “dar” uma resposta aos que duvidam do retorno dele aos gramados profissionais do futebol. Como prometido, o Imperador retomou os treinamentos físicos e publicou imagens das atividades em sua conta oficial no Instagram. Adriano está com 35 anos e não joga profissionalmente desde 2016, quando teve uma passagem relâmpago pelo Miami United.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Jovem mata pai por acidente em brincadeira com arma de chumbinho

24 de janeiro de 2018, 10:01

O caso foi registrado como homicídio culposo, quando não há intenção de matar Um adolescente de 17 anos matou acidentalmente o pai durante uma brincadeira com uma espingarda de chumbinho na tarde dessa segunda-feira (22) na Barra do Una em São Sebastião (SP). O filho foi ouvido e liberado. A arma de pressão foi apreendida. A Polícia Civil informou que o homem de 40 anos teria deixado o filho pegar uma espingarda de chumbinho para brincar com outros três amigos de disparar em latinhas. De acordo com o G1, o acidente aconteceu no momento em que filho brincavam. O adolescente achou que a arma já estivesse travada e simulou disparos. Em um deles, ele apontou a arma para o pai e apertou o gatilho. A arma não estava travada e o tiro acertou o tórax da vítima. O homem chegou a ser socorrido, mas morreu a caminho do hospital em decorrência de uma parada cardíaca e hemorragia. Em depoimento à polícia, o adolescente contou que ele e o pai eram caseiros na casa e costumavam brincar com a arma, que era do dono do imóvel.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Macaulay Culkin diz que pai era abusivo: ‘Era um homem mau’

23 de janeiro de 2018, 16:57

Macaulay Culkin participou do podcast WTFPod e falou sobre o início de sua carreira e sobre sua família. Ele contou que veio de uma família pobre e que ele, seus pais e seus seis irmãos viviam em uma casa de quatro cômodos em Nova York. “Eles nunca foram casados, mas se juntaram. Eram sete crianças em um apartamento de quatro cômodos. Eu e meus irmãos falávamos para minha mãe: ‘Que raios você estava pensando?’. Acredite em mim, ela não tinha condições de ter sequer um filho. Eu fui o terceiro filho e acabei me dando bem”, disse o ator. Seu pai era um ator amador e dançarino e foi quem o inseriu no meio artístico e o levou para audições. Entretanto, Macaulay e seu pai nunca se deram bem. “Ele era um homem mau. Era abusivo. Abusava de mim fisicamente e mentalmente. Posso até mostrar cicatrizes se você quiser”, falou. “Tudo o que ele tentou fazer na vida inteira dele, alcancei aos dez anos de idade. Ele tinha certa inveja”, continuou. Macaulay Culkin ficou conhecido por protagonizar os filmes da franquia Esqueceram de Mim a partir de 1990. Um dos filmes mais amados foi, sem dúvida, "Esqueceram de mim". Esta comédia de família foi recebida de forma muito positiva por todas as críticas e foi um grande sucesso de bilheteria. Macaulay Culkin / Kevin McCallister, O protagonista do filme tinha 10 anos de idade na época e foi catapultado à fama, sendo um dos ícones mais reconhecidos da tela dos cinemas.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

New York Times faz editorial sobre Lula: ‘Democracia à beira do abismo’

23 de janeiro de 2018, 13:56

Jornal americano expôs supostas falhas no processo contra o ex-presidente O The New York Times, um dos mais importantes jornais do mundo, publicou um editorial nesta terça-feira em que expõe supostas falhas no processo contra o ex-presidente Lula, aponta a parcialidade de juízes envolvidos no julgamento do caso do triplex e afirma que a democracia brasileira está à beira do abismo. Destacando o histórico escravagista brasileiro e a imaturidade da democracia no país, o jornal diz que nos últimos anos, o PT deu autonomia ao judiciário para investigar e processar a corrupção de políticos. "Mas aconteceu o contrário [do esperado]. Como resultado, a democracia brasileira está em seu período "mais frágil desde que o governo militar acabou", diz o jornal. O texto continua citando que a denúncia contra Lula não é fundamentada em provas. "A propina alegadamente recebida por [Lula] da Silva é um apartamento de propriedade da OAS. Mas não há provas documentais de ele ou sua esposa tenham recebido o título de posse, alugado ou mesmo permanecido no apartamento, nem que tentaram aceitar o presente. A evidência contra [Lula] da Silva baseia-se no testemunho de um executivo da OAS condenado, José Aldemário Pinheiro Filho, que teve a pena reduzida em troca de entregar evidências ao Estado", menciona o NYT. O jornal então prossegue com críticas a Sérgio Moro, a quem acusa de promover um espetáculo midiático contra Lula. "[A evidência] foi o suficiente para Moro. Em algo que os americanos poderiam considerar como um processo de canguru, ele condenou o Sr. [Lula] da Silva a nove anos e meio de prisão", segue. Processo canguru é um jargão legal nos EUA para classificar um procedimento judicial que ignora os padrões de moral, ética e justiça. Mark Weisbrot, co-diretor do Centro de Pesquisas Econômicas e Políticas em Washington e presidente da Just Foreign Policy, uma ONG que trabalha pela "reforma das relações exteriores americanas".

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Negligência causou naufrágio que matou 19 em Salvador, diz Marinha

23 de janeiro de 2018, 13:44

Segundo a Marinha, o comandante do veículo foi imprudente ao "expor a embarcação à navegação em condições meteorológicas adversas" O naufrágio da lancha Cavalo Marinho I, que afundou em setembro do ano passado deixando 19 mortos na Bahia, teve como principal causa a negligência e a imprudência dos responsáveis pela embarcação. Esta foi a conclusão do inquérito sobre o acidente realizado pela Marinha do Brasil e apresentado na manhã desta terça-feira (23) em Salvador. O documento tem 1.200 páginas e demandou cinco meses de investigações. Segundo a Marinha, o comandante do veículo foi imprudente ao "expor a embarcação à navegação em condições meteorológicas adversas". Ele seguiu viagem mesmo diante de ondas que chegavam a um metro de altura e não adotou uma postura de navegação defensiva ao passar por uma região de bancos de areia. Já os donos da embarcação, que pertencia à empresa CL Transporte Marítimo, e o engenheiro técnico responsável pelo barca foram apontados como negligentes. Segundo a Marinha, a lancha "não cumpria os critérios de estabilidade exigidos por lei". Na perícia realizada na lancha que naufragou, a Marinha identificou a existência de placas de concreto colocadas de forma indevida dentro da embarcação que serviriam como "peso de lastro" para aumentar a capacidade de manobrar a lancha. Esses lastros, cujo peso total chegava a 400 quilos, acabaram se soltando durante a travessia, fazendo com que a lancha inclinasse e submergisse. "A embarcação possuía lastros não autorizados e colocados de forma indevida que acabaram se soltando. Faltava fixá-los no local correto e medidas defensivas que poderiam ser adotadas", explicou o Capitão de Mar e Guerra Leonardo Andrade Reis, da Capitania dos Portos da Bahia. Ele explicou que a inserção dos pesos, em si, não é ilegal. Mas esta deveria ter sido feita mediante estudos de estabilização submetidos à Marinha. Os pesos foram colocados na lancha após a última vistoria da embarcação feita pela Capitania dos Portos, realizada em abril de 2017. O relatório da Marinha servirá de base para o inquérito que está sendo tocado pela Polícia Civil da Bahia, que apontará os responsáveis pelo acidente, e para a denúncia que o Ministério Público do Estado da Bahia deve apresentar à Justiça. O documento também será encaminhado para o tribunal marítimo militar, responsável por julgar administrativamente os acidentes da navegação. Durante os cinco meses de investigação, a Marinha realizou perícias na lancha e interrogou 48 pessoas, entre tripulantes, passageiros e responsáveis pela embarcação. O comandante, o engenheiro e os donos da embarcação, apontados como possíveis responsáveis pelo acidente, foram notificados pela Marinha e terão um prazo de dez dias para apresentar suas defesas prévias. O ACIDENTE O naufrágio da lancha Cavalo Marinho I - que completa cinco meses nesta quarta-feira (24) -foi o maior acidente com vítimas na baía de Todos-os-Santos registrado nos últimos 50 anos. Foram 19 mortos, sendo 13 mulheres, três homens e três crianças. A travessia de 13 quilômetros liga a Ilha de Itaparica a Salvador. O sistema é formado por sete lanchas que transportam em média 5.000 pessoas por dia. Reportagem da Folha de S.Paulo apontou que, mesmo após o naufrágio, a travessia opera com os mesmos barcos e nas mesmas condições de antes do acidente. Nenhuma medida foi tomada pelo Estado, responsável pela regulação do sistema de lanchas, nem pelas empresas do local para reforçar a segurança. As viagens seguem sem controle da identidade dos usuários, sem obrigatoriedade de uso de coletes salva-vidas e com deficit de fiscalização, já que não há fiscais fixos no terminal de Vera Cruz. A Folha de S.Paulo ainda apontou que o naufrágio foi precedido por erros de segurança e fiscalização das embarcações, além da falta de mecanismos para resposta rápida de equipes de resgate em casos de acidente. Com informações da Folhapress.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

O que dizem os misteriosos trechos dos Manuscritos do Mar Morto finalmente decifrados

23 de janeiro de 2018, 11:20

Pesquisadores tiveram ajuda de anotações deixadas por escriba para desvendar 60 fragmentos reunidos, como em um quebra-cabeça, ao longo de um ano. Uma das últimas partes dos Manuscritos do Mar Morto, que ainda permanecia obscura, foi decifrada por pesquisadores em Israel. Sessenta pequenos fragmentos foram reunidos ao longo do período de um ano, o que tornou possível identificar o nome de um festival para celebrar as mudanças das estações. Também foi revelada a existência de um escriba, que revisou e corrigiu erros cometidos por quem escreveu o material. Os 900 manuscritos, supostamente produzidos por membros de uma antiga seita judaica, têm sido fonte de curiosidade desde sua descoberta na caverna de Qumran, no trecho do Mar Morto que fica na Cisjordânia, entre 1947 e 1956. Os Manuscritos do Mar Morto são considerados o exemplar mais antigo da Bíblia Hebraica já encontrado - é datado, segundo estimativas, de 4 a.C. Não se sabe quem escreveu esses textos, apesar de alguns acadêmicos atribuírem a autoria aos essênios, uma seita judaica identificada como essênios. O material foi descoberto por um jovem pastor que procurava por uma ovelha desgarrada. Manuscritos do Mar Morto foram encotrados na caverna de Qumran entre 1947 e 1956 Fragmentos minúsculos Os fragmentos dos manuscritos foram reunidos pelos pesquisadores Eshbal Ratson e Jonathan Bem-Dov, da Universidade de Haifa, em Israel. Estavam escritos em códigos, e alguns pedaços tinham tamanho inferior a um centímetro quadrado. De acordo com os pesquisadores, os trechos agora decifrados detalham ocasiões especiais que seriam comemoradas pela antiga seita judaica, incluindo um calendário de 364 dias. Além disso, há informações sobre as celebrações do novo trigo, novo vinho e novo óleo, que estão relacionadas ao festival judaico Shavuot - também conhecido como festa das colheitas. Os pesquisadores também descobriram o nome que seria usado pela seita para o festival observado quatro vezes no ano, que marcava as trocas de estações: Tekufah. A mesma palavra significa "período" em hebraico nos dias atuais. Eles disseram que tiveram a ajuda das anotações identificadas nas margens, feitas por um escriba corrigindo omissões feitas pelo autor, na hora de decifrar o código. "Esses comentários são sugestões que me ajudaram a desvendar o quebra-cabeça - eles me mostraram como montar o manuscrito", disse Ratzon ao jornal israelense Haaretz.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Boas Festas!

VÍDEOS