NOTÍCIAS EM DESTAQUE


‘Bíblia do Diabo’: conheça o manuscrito polêmico exposto na Suécia

29 de maio de 2018, 12:03

(Foto: © Reprodução/National Library of Sweden)

O manuscrito tem 90 cm de altura, 50 de largura, além de medir mais de 20 cm de espessura e ter um peso de cerca de 75 quilos. Preservado na Biblioteca Nacional da Suécia, em Estocolmo, um manuscrito de mais de 90 cm de altura por mais de 50 de largura, além de medir mais de 20 cm de espessura e com um peso de cerca de 75 quilos, o 'Codex Gigas' é conhecido popularmente como 'A Bíblia do Diabo'. Conta a lenda que o material foi escrito por um monge no século XIII, que estava preso, na região que hoje corresponde à República Tcheca, que escapar da condenação, decidiu fazer um trato com seus superiores, propondo que o seu crime fosse perdoado em troca de que ele produzisse uma cópia da bíblia — e de diversos outros escritos — à mão em apenas uma noite. Pelo tamanho e material disponível na época (luz de velas, uso de tinta, penas e pergaminhos), tal façanha seria impossível de ser realizada. Os superiores concordaram, pois, se o monge não cumprisse com o acordado — o que era óbvio —, ele seria sentenciado. Porém, se produzisse o material prometido em tão pouco tempo, isso seria um milagre que, por sua vez, atrairia milhares de peregrinos (e muito dinheiro) para o mosteiro. Como sabia que seria humanamente impossível ser feito tal material, ainda segundo conta a lenda, o monge decidiu fazer um 'pacto com o diabo'. O livro foi confeccionado com pele de vitelo e de asno e é o maior manuscrito medieval de que se tem notícia. Segundo os especialistas, o livro realmente parece ter sido escrito por uma única pessoa, mas em vez de ser produzido em apenas uma noite, o habilidoso escriba deve ter levado mais de 20 anos para concluir o trabalho. Além diincsso, uma pequena dedicatória — “Hermanus Inclusus” ou “Herman, o recluso” ou ainda “Herman, o enclausurado” —, ao final do manuscrito também dá algumas pistas sobre a suposta condenação do monge. O manuscrito pode ser conferido através deste link (http://www.kb.se/codex-gigas/eng/Browse-the-Manuscript/alphabets/?mode=1&page=2#content), no site da biblioteca sueca.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Vereador é preso por naturalizar eleitores em troca de votos

29 de maio de 2018, 11:52

Para atrair os eleitores, ele teria oferecido lotes em um condomínio de Araçariguama O vereador de Araçariguama Genivaldo Vidal dos Santos (PSB), atual vice-presidente da Câmara Municipal, foi preso pela Polícia Civil nesta segunda-feira (28). O político conhecido como "Tubaína" deve cumprir oito anos de prisão por corrupção eleitoral. Ele foi condenado após "naturalizar" eleitores de outras cidades para ganhar votos nas urnas. Conforme relata o G1, o caso começou a ser investigado quando a polícia percebeu que o número de eleitores de Araçariguama era maior que o de moradores do município. Genivaldo foi apontado como um dos chefes do esquema em torno da falsificação de documentos para a "naturalização" de moradores de outras cidades, a fim de transferirem os seus votos para Araçariguama. Para atrair os eleitores, ele teria oferecido lotes em um condomínio daquele município. O vereador já havia sido preso em 2016, junto com outros dois assessores, mas vinha respondendo ao processo em liberdade. Naquele mesmo ano, ele conseguiu se reeleger no primeiro turno, com 347 votos. Em 2016, Genivaldo chegou a ser preso junto com outros dois assessores, mas foi solto para responder ao processo em liberdade. No mesmo ano, se candidatou e foi reeleito com 347 votos no primeiro turno. A Prefeitura e a Câmara de Vereadores ainda não se manifestaram sobre o caso.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Ibama aplica R$ 105,7 mi em multas por plantio ilegal em 4 Estados

23 de maio de 2018, 14:14

(Foto: Divulgação)

O alvo foram pessoas e empresas que plantam, comercializam, financiam ou intermedeiam produtos agrícolas dessas áreas   O Ibama emitiu 62 autos de infração contra empresas e produtores rurais que descumpriram embargos de áreas ilegalmente desmatadas nos Estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia. As multas totalizam R$ 105,7 milhões. O alvo foram pessoas e empresas que plantam, comercializam, financiam ou intermedeiam produtos agrícolas dessas áreas. As autuações fazem parte da Operação Shoyo, iniciada em 2016, em parceria com o Ministério Público Federal (MPF). O alvo da operação foi uma região de Cerrado que pega os Estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, uma região conhhecida como "Matopiba". Por meio de nota, o Ibama informou que, a partir do cruzamento de dados feoespaciais, foram identificados 60 polígonos com embargos descumpridos. As ilegalidades estavam associadas a 78 pessoas físicas e jurídicas e 77 imóveis. Produtores rurais foram autuados por descumprir embargos em 40 propriedades, impedir a regeneração natural em outras 14 e comercializar produtos de origem vegetal produzidos em áreas embargadas de dez imóveis rurais. Cinco tradings foram multadas em R$ 24,6 milhões por adquirir 49.205 sacas de 60 kg de soja produzida em áreas embargadas pelo Ibama. Durante a investigação foi constatado que a compra antecipada de grãos financiou a atividade ilegal. Segundo o Ibama, foram apreendidas até o momento 84.024 sacas de grãos durante a operação, o que corresponde a 5.041 toneladas. O MPF vai propor ação civil pública para que os infratores reparem todos os danos ambientais causados pela atividade ilegal. Em outubro de 2016, na primeira fase da Operação Shoyo, o banco Santander foi multado em R$ 47,5 milhões pelo Ibama por financiar o plantio de grãos em áreas da Amazônia que já estavam embargadas pelo órgão de fiscalização, por serem áreas de proteção ambiental. Na ocasião, o banco declarou que cumpria rigorosamente a legislação vigente e que adotava "as melhores práticas do mercado no que diz respeito às políticas socioambientais". Com informações do Estadão Conteúdo.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Receita Federal alerta para golpe contra tomadores de empréstimos

21 de maio de 2018, 18:03

O documento, falso, alega que o crédito ou financiamento só será desbloqueado mediante o recolhimento do imposto Um nova modalidade de golpe utilizando o nome da Receita Federal está lesando pessoas que tomam empréstimo em instituições financeiras. De acordo com o órgão, uma notificação postal, enviada pelos Correios, exige do contribuinte o pagamento de taxa do Imposto sobre Operações de Crédito, Câmbio e Seguros ou relativas a Títulos ou Valores Mobiliários (IOF) para desbloqueio de valores de empréstimo junto a uma financeira qualquer. O documento, falso, alega que o crédito ou financiamento só será desbloqueado mediante o recolhimento do imposto. Na correspondência, atribuída a um auditor-fiscal da Receita Federal, há dados bancários para depósito, além de assinatura falsificada. A Receita alerta que não fornece dados bancários para o recolhimento de tributos federais via depósito ou transferência. "O recolhimento do IOF é feito exclusivamente via Documento de Arrecadação de Receitas Federais (Darf). Ademais, a cobrança e o recolhimento do IOF são efetuados pelo responsável tributário, ou seja, pela instituição que conceder o crédito", informa o órgão, em nota. Também é possível identificar o golpe porque os estelionatários envolvidos no esquema costumam cometer erros de português, apresentar informações confusas ou incorretas, além orientações desencontradas. "Esses são alguns dos indícios de que a correspondência pode ser falsa". Os contribuintes que forem vítimas desse golpe podem comparecer a uma unidade de atendimento da Receita Federal, pessoalmente, ou enviar denúncia à Ouvidoria-Geral do Ministério da Fazenda, pela internet. Com informações da Agência Brasil.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Ex-catador de lixo se torna professor e doutor em Linguística em SC

19 de maio de 2018, 17:49

(Foto: BR)

Dorival Gonçalves Santos Filho, de 35 anos, conta que passou no vestibular lendo livros que encontrava no lixão O ex-catador de lixo Dorival Gonçalves Santos Filho, de 35 anos, defendeu a tese de doutorado em Linguística na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em Florianópolis, no dia 10 de maio. Atualmente trabalhando como Professor da rede pública da capital catarinense, ele sempre ajudou no sustento da família coletando resíduos em um lixão de Piedade (SP) e lia livros achados no lixo. “Eu contrariei minha mãe, a enfrentei e parei de estudar depois da 8ª série. Não tinha como continuar, chegava ao fim do dia exausto, com as mãos cortadas, de tanto recolher lixo e separar, meu caderno ficava manchado de sangue. Eu ficava tão cansado que às vezes dormia sem jantar”, contou Dorival ao G1. O professor vem de uma família com cinco filhos, que sempre ajudaram a complementar a renda da mãe trabalhando no lixão. “Meu trabalho era uma fonte de renda importante para minha família. A maioria da nossa alimentação vinha do lixão, vinha de pacotes de comida que as pessoas descartavam, frutas que podiam ter a parte podre cortada. Eu tomava café da manhã no lixão, disputava a comida com centenas de corvos e cães. A gente usava cabos de vassoura para espantá-los”, recordou. Além de alimento, Dorival encontrava livros no lixão, que formaram um acervo de até três mil publicações. Eu avisava meus colegas: ‘quando vocês encontrarem um livro, passem para mim’, eu sempre amei ler. Eles preferiam sapatos, então, fazíamos essa troca. Foi assim que ainda na adolescência li quase a obra completa de Machado de Assis e alimentei o sonho de criar uma biblioteca comunitária, o que acabou não acontecendo.” Dorival voltou a estudar aos 21 anos. “Eu acordava de madrugada para trabalhar no lixão e atividade era subumana. Quando minha mãe começou a receber o Bolsa Família, já não estava mais sozinha para sustentar a gente, então pude voltar a estudar. Esse pode parecer um discurso político, mas não é, foi o que aconteceu na minha vida.” Ele decidiu fazer vestibular quando uma equipe da Universidade Estadual Paulista (Unesp) visitou a escola onde ele estudava para divulgar o processo seletivo e sorteou dois alunos para fazerem a prova de graça. Dorival foi um dos contemplados. O vestibular era em outra cidade e durava três dias, minha mãe conseguiu dinheiro emprestado para a passagem, mas a gente não tinha para alimentação, eu fui fazer a prova com fome mesmo. Tinha me preparado com os livros do lixão e passei." Graduado em Letras Português/Francês, atualmente, Dorival é professor do ensino fundamental da prefeitura de Florianópolis. "Agora, é minha vez de devolver para a sociedade o investimento que foi feito em mim, com programas sociais e bolsas de estudos. Este é o momento de compartilhar o que aprendi e as vivências que tive desde a experiência com a família, na universidade e ainda a pessoa que me tornei”, afirmou. Apesar da conquista, Dorival prefere que a sua vida não sirva de exemplo para os que acreditam em meritocracia. “Eu tive oportunidade. Sem os programas sociais, as bolsas de estudo, nada teria sido possível", concluiu.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Portabilidade de conta-salário terá novas regras a partir de julho

19 de maio de 2018, 17:41

(Foto: Divulgação)

Transferência do saldo poderá ser realizada pela instituição que passa a receber o recurso O Banco Central (BC) publicou nessa quinta-feira (18) uma circular na qual define os procedimentos necessários para a realização da portabilidade salarial. A partir de julho, a transferência do saldo da conta-salário de um banco para outro poderá ser realizada pela instituição que vai receber o recurso, como no modelo de portabilidade telefônica. Hoje, quem recebe o salário nesse tipo de conta só pode solicitar a transferência ao banco contratado pelo empregador para depósito do salário. De acordo com as regras, a instituição financeira ou instituição de pagamento que irá receber os recursos transferidos da conta-salário precisará confirmar e garantir a identidade do cliente, a legitimidade da solicitação, bem como a autenticidade das informações exigidas. Além de contas bancárias, os clientes da conta-salário poderão transferir recursos para outras contas de pagamento, as de cartões pré-pago de empresas que não são bancos, como Nubank e Paypall, mesmo que a conta tenha saldo limitado a R$ 5 mil.  Com informações do Portal Brasil.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

‘Sósia’ de Antonio Fagundes agredido em posto de combustível passa bem

19 de maio de 2018, 17:35

(Foto: © Reprodução/Redes sociais)

Vídeo viralizou nas rede sociais e foi desmentido pelo ator Um vídeo de um homem sendo agredido em um posto de combustíveis viralizou nas redes sociais nessa quinta-feira (17) e chegou a ficar entre os assuntos mais comentados do Twitter. Isso por conta da semelhança da vítima, de 62 anos, com o ator Antonio Fagundes. O ator já desmentiu os boatos e a verdadeira vítima disse que passa bem. “Estou bem, estou bem. Eu e meu advogado estamos reservados em falar sobre o caso”, disse por telefone ao G1 o engenheiro aposentado, que não quis ser identificado. O caso aconteceu no último dia 5 em Alphaville, na Região Metropolitana de São Paulo. Em um vídeo gravado por celular, é possível ver o agressor dando dois tapas no rosto do engenheiro, que cai no chão. Na sequência, aparentemente, o agressor apontou uma arma para a vítima. Por conta da semelhança física e também da voz da vítima com a do ator, o próprio Antonio Fagundes fez questão de desmentir o caso no Instagram. A TV Globo também confirmou que não se trata do ator. Segundo a vítima, ela ouvia música no posto quando um homem, que seria segurança do local, se aproximou pedindo para baixar o volume. Segundo a delegada titular Izabel Ferraz, o engenheiro deve depôr informalmente no Distrito Policial de Santana de Parnaíba na semana que vem. “O caso ainda está como de autoria desconhecida. Foi registrado um boletim de ocorrência de lesão corporal e ameaça”, informou a delegada. Comerciantes do entorno disseram que o engenheiro é uma pessoa querida, que frequenta o comércio local e fica conversando com amigos.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Caixa lançará um novo jogo lotérico, o Dia da Sorte

14 de maio de 2018, 12:14

Nova loteria irá testar a sorte do jogador em apostas envolvendo dias do mês e os meses do ano ASecretaria de Acompanhamento Fiscal, Energia e Loteria do Ministério da Fazenda instituiu uma nova loteria da Caixa, denominada o Dia da Sorte, que será promovida três vezes por semana - às terças-feiras, quintas-feiras e sábados. De acordo com portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU), a data de realização do primeiro sorteio do novo jogo será definida pela Caixa. A nova loteria irá testar a sorte do jogador em apostas envolvendo dias do mês e os meses do ano. Em cada aposta, será permitida a indicação de, no mínimo, 7 números e, no máximo, 15 números, em um total de 31 números, mais um dos meses do ano, o mês de sorte. Ganha o prêmio máximo quem acertar os 7 números sorteados e mais o mês da sorte. Também ganha prêmios, menores, quem acertar 6, 5 ou 4 números e o mês da sorte. A aposta simples, com 7 números e 1 mês de sorte, custará R$ 2,00. Há ainda apostas combinadas, ou múltiplas, com mais números marcados. O jogo com 8 números e 1 mês de sorte, por exemplo, será de R$ 16,00 e a aposta com 15 números e 1 mês de sorte, R$ 12.870,00.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Empresária é denunciada por manter doméstica como escrava no Rio

14 de maio de 2018, 12:07

Entre 2010 e 2011, vítima foi submetida a condições degradantes de trabalho Uma empresária foi denunciada pelo Ministério Público Federal (MPF) por submeter a empregada doméstica de onde morava, em Copacabana, na Zona Sul do Rio, a um trabalho análogo ao de escravo. A Justiça diz que a vítima chegou a ser mantida trancada dentro da área de serviço por uma semana, sem comida. Segundo o G1, os casos ocorreram no período entre dezembro de 2010 e fevereiro de 2011. Quando a trabalhadora adoeceu, a empresária considerou que se ela não conseguia trabalhar, também não deveria receber salário ou se alimentar. A MPF informou que a doméstica, e outra empregada que também trabalhava no apartamento, eram vítimas constantes de xingamentos e abusos psicológicos. A proprietária da casa dizia, por exemplo, que teria que passar álcool no sofá caso elas se sentassem. Testemunhas que fazem parte da denúncia alegam que a doméstica era  submetida a jornadas de trabalho ilegais, de 7h até meia-noite, sem folgas. Segundo a reportagem, a empregada doméstica se mudou junto com a empresária para o Rio de Janeiro. Antes, as duas moravam em Brasília. O MPF também acusa a mulher por fazer ameaças, dizendo que qualquer criminoso no Rio bateria na vítima por R$ 50 ou tiraria sua vida por R$ 100. O Ministério Público denunciou o caso em 2014 e a Justiça do Rio declinou a denúncia para a Justiça Federal. Em abril de 2018, o caso foi então remetido ao Ministério Público Federal, que fez uma nova acusação.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Cristiano Ronaldo tenta acordo para evitar prisão na Espanha

14 de maio de 2018, 12:00

(Foto: Divulgação)

Jogador português e a Agência Tributária espanhola querem firmar um pacto antes da Copa do Mundo Cristiano Ronaldo está tentando chegar a um acordo com a Agência Tributária e o Ministério Público da Espanha para evitar ser preso, segundo informações do jornal espanhol “El Confidencial”. Acusado de fraude fiscal, o jogador português do Real Madrid quer encerrar o caso antes da Copa do Mundo da Rússia. De acordo com a publicação, o astro está disposto a pagar uma multa de 30 milhões de euros e assumir quatro crimes fiscais, o que colocaria sobre ele uma sentença de menos de dois anos, sem registro criminal e evitaria a prisão. Mesmo defendendo ser inocente, Cristiano teria sido orientado por seus advogados a agir como fizeram craques como Marcelo, Modric e Di Maria. Eles assumiram a fraude e negociaram o pagamento de multa.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Peixe com ‘dentes humanos’ é capturado nos Estados Unidos; veja

12 de maio de 2018, 11:48

Exemplar de um sargo-de-dentes foi pego na Carolina do Sul O Departamento de Recursos Naturais da Carolina do Sul, nos Estados Unidos, divulgou nas redes sociais a foto de um peixe no mínimo intrigante, que possui dentes muito similares aos dos humanos. Na publicação, a bióloga Pamela Corwin fez uma brincadeira com o objetivo de estimular os internautas a descobrirem a espécie do animal. "Eu gosto de passar o tempo perto de rochas, docas, recifes e até pontes. Sou conhecido como o peixe condenado por causa de minhas listras pretas e brancas. Qual é o aspecto mais legal sobre mim? Eu tenho incisivos e molares semelhantes aos humanos para ajudar a esmagar minha comida, eu gosto de camarão e ostras como você!", escreveu Pamela. Em seguida, a bióloga revelou que o peixe é um sargo-de-dentes, da família dos esparídeos, encontrado principalmente no Caribe e no Golfo do México. **What is it Wednesday** You’ll need a saltwater fishing license to catch me! I like to hang out near rocks, jetties, reefs, and even bridges. I’m also known as the convict fish because of my black and white stripes. The coolest thing about me? I have human-like incisors and molars to help crush my food. I like shrimp and oysters just like you do! Photo and question by SCDNR biologist Pam Corwin

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Conheça as 10 melhores cervejas do Brasil

12 de maio de 2018, 11:37

Muitos rótulos de qualidade internacional estão sendo produzidos por aqui. Omercado de cervejas artesanais no Brasil teve uma explosão nos últimos tempos — e muitos rótulos de qualidade internacional estão sendo produzidos por aqui. Conheça as 10 melhores cervejas do Brasil segundo o ranking do RateBeer, o site mais respeitado do mundo sobre avaliação de cerveja. 10) TUPINIQUIM OMNIPOLLO POLIMANGO A Polimango é uma colaboração entre a Tupiniquim e cervejaria sueca Omnipollo. Ela é uma cerveja forte e escura, com notas de frutas tropicais e ênfase na manga rosa. Cervejaria: Tupiniquim Nota: 3,63/5 Estilo: Imperial IPA Preço: R$ 19,00 9) WÄLS TRIPPEL Com aromas cítricos e paladar frutado, a Wäls Trippel traz maltes, leveduras e lúpulos especiais, coentro, casca de laranja e outras especiarias em sua composição. Cervejaria: Wäls Nota: 3,63/5 Estilo: Belgian Tripel Preço: R$ 16,90 8) TUPINIQUIM MONJOLO FLORESTA NEGRA A Monjolo Floresta Negra é uma evolução que a Tupiniquim fez em sua Imperial Porter, acrescentando uma dose extra de cacau, favas de baunilha e framboesa. Nota: 3,63/5 Cervejaria: Tupiniquim Estilo: Imperial Porter Preço: R$ 25,90 7) WÄLS PETROLEUM Mais uma cerveja que de tão escura lembra petróleo em nossa lista, a Wäls Petroleum é bem licorosa, densa e aveludada. Nota: 3,66/5 Cervejaria: Wäls Estilo: Russian Imperial Stout Preço: R$ 16,90 6) VERTIGEM Combinando lúpulos americanos e australianos, a cerveja Vertigem, da Mistura Clássica, tem sabores florais e frutados intensos, com um ligeiro amargor. Cervejaria: Mistura Clássica Nota: 3,67/5 Estilo: India Pale Ale Preço: R$ 24,99 5) BODEBROWN PERIGOSA IMPERIAL IPA A Perigosa, da Bodebrown, foi a primeira Imperial Double IPA lançada no Brasil. Ela tem marcante presença de lúpulos, com aromas cítricos e amargor elevado. Cervejaria: Bodebrown Nota: 3,70/5 Estilo: American IPA Preço: R$ 20,90 4) DUM PETROLEUM Nas palavras da própria DUM, a Petroleum é uma “cerveja negra como o Petróleo, com adição de cacau e aveia. Seus 12% de teor alcoólico estão bem inseridos com notas aromáticas marcantes de café e chocolate meio amargo, proveniente dos maltes tostados e adição de cacau belga.” Nota: 3,73/5 Cervejaria: DUM Estilo: Oatmeal Stout Preço: R$ 37,30 3) INVICTA 1000 IBU Para quem gosta de cerveja amarga, a 1000 IBU Imperial IPA, da Invicta, é um prato cheio. O seu nome até faz uma brincadeira com a escala internacional de amargor (IBU). Nota: 3,73/5 Cervejaria: Invicta Estilo: Imperial India Pale Ale Preço: R$ 31,90 2) EVIL TWIN BRAZIL METRO MAN IMPERIAL STOUT Fruto de uma colaboração entre a Tupiniquim e a cervejaria dinamarquesa Evil Twin, a Metro Man é uma cerveja escura e forte, do tipo Imperial Stout. Tem toques de café, chocolate amargo e caramelo no sabor. Nota: 3,74/5 Cervejaria: EvilTwin + Tupiniquim Estilo: Imperial Stout Preço: R$ 21,00 1) TUPINIQUIM MONJOLO IMPERIAL PORTER No topo do ranking ficou a Monjolo Imperial Porter, da Tupiniquim, que é considerada a melhor cervejaria do Brasil e tem vários rótulos na lista. Trata-se de uma cerveja escura, intensa e levemente adocicada, por trazer notas fortes de chocolate. Nota: 3,80/5 Cervejaria: Tupiniquim Estilo: Imperial Porter Preço: R$ 25,90

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Boas Festas!

VÍDEOS