Padre diz que criança de 10 anos ‘compactuou com o estupro’, exclui conta em rede social e depois pede desculpas

21 de agosto de 2020, 09:20

O padre Ramiro José Perotto parece ter se arrependido (Foto: Reprodução)

Um padre de Cuiabá escreveu em suas redes sociais que a menina de 10 anos, estuprada pelo tio e que recentemente teve uma gravidez interrompida, teria “compactuado com o estupro”. Ramiro José Perotto parece ter se arrependido e apagou suas contas nas redes sociais.

Com a repercussão do comentário, o padre divulgou nesta quinta-feira (20) em seu perfil no Facebook uma nota na qual escreveu: “Àqueles que se sentiram ofendidos, só resta meu pedido de perdão”.

Diversas pessoas comentaram o post do religioso. “Obrigar uma criança vítima de estupro a seguir com a gravidez era repugnante”, disse um seguidor.

Em resposta, o padre disse que duvidava que uma criança abusada por vários anos deixaria de comentar o caso. “Aposto, minha cara. Ela compactuou com tudo e agora é menina inocente. Gosta de dar então assuma as consequências”, escreveu.

Na nota divulgada nesta quinta-feira (20), Perotto assumiu a responsabilidade pelas postagens e que não quer julgar ninguém.

“Assumo a responsabilidade de ter proferido palavras desagradáveis, e justifico que compartilho da defesa da vida, nunca condenar e tirar julgamentos. Não foi minha intenção proferir palavras de baixo calão, as quais não comungam com minha fé e minha crença na pessoa humana. Àqueles que se sentiram ofendidos, só resta meu pedido de perdão”, escreveu no comunicado.

No trecho seguinte, ele justificou a exclusão da conta na rede social: “Excluí meu Facebook por não querer mais ofender e ser ofendido. Precisamos ser fraternos. Sempre preguei isso. As vezes que não fui, que Deus me perdoe. Lutemos pela vida, ela é dom de Deus”.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS