Novo vírus seria capaz de obter evidências na hora de usuários buscarem pornô

11 de agosto de 2019, 14:31

(Foto: Reprodução)

Um novo vírus vai afetar os que buscam pornô online ou usam qualquer outro site com conteúdo sexual.

A empresa de segurança de informação ESET, baseada na Eslováquia, avisou os usuários da França sobre um novo vírus, conhecido por Varenyky, que supostamente registra as imagens de telas dos usuários quando detecta palavras de referência usadas para procurar pornô (i.e. XXX, pornhub, sexo).

Quando estas palavras aparecem, o malware pode fazer capturas de tela usando um FFmpeg executável e depois subir o vídeo para o servidor de comando e controle (C&C) usando um cliente do Tor.

O vírus é capaz de acessar senhas e e-mails e potencialmente enviar as imagens pornográficas aos parentes e amigos da vítima, ou até usá-los para chantagem.

Um pico na telemetria da ESET levou os nossos pesquisadores a descobrir o Varenyky, um spambot capaz de espiar as telas das vítimas enquanto elas visualizam conteúdo sexual, permitindo realizar campanhas de sextorsão muito reais.

O malware, que ainda está sendo desenvolvido por piratas informáticos desconhecidos, também envia mensagens de spam, pretendendo serem faturas ou contas, e quando as pessoas abrem os anexos ele é capaz de extrair os nomes e senhas dos usuários.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS