NASA prevê encontrar vida em Marte nos próximos dois anos

02 de outubro de 2019, 10:39

A agência espacial norte-americana irá se aliar à Agência Espacial Europeia para novas missões ao ‘Planeta Vermelho’ (Foto: Reprodução)

Um dos principais cientistas da NASA, Jim Green, afirmou em entrevista ao The Sunday Telegraph que as próximas missões a Marte da agência espacial norte-americana em colaboração com a Agência Espacial Europeia (ESA) podem servir para descobrir vida no planeta.

“Será revolucionário. Será como quando Copérnico disse ‘não, nós andamos em roda do Sol’. Completamente revolucionário. Dará início a toda uma nova forma de pensar”, afirmou Green. No entanto, o investigador apontou que a humanidade pode não estar pronta para o que vem a seguir.

“Tenho estado preocupado porque estamos muito próximos de encontrar [vida em Marte] e de fazer anúncios. O que acontece a seguir é um novo conjunto de questões científicas. Essa vida será como nós? Como estamos relacionados? Pode a vida se mover de planeta em planeta ou temos uma faísca e o ambiente certo e essa faísca gera vida?”, questionou-se.

A NASA e a ESA estão colaborando no desenvolvimento de missões que levaram novos ‘rovers’ a Marte, os quais terão o objetivo de perfurar o solo marciano para recolher amostras. Estas amostras serão posteriormente enviadas para a Terra para serem examinadas.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS