Não confunda estresse com ansiedade. Entenda as diferenças

02 de outubro de 2020, 22:13

Embora estejam relacionados, não significam o mesmo (Foto: Reprodução)

As palavras estresse e ansiedade, embora relacionadas, têm diferenças sutis. Embora estejam relacionados, não significam o mesmo.

Segundo a Healthy, o estresse é a reação de ‘luta ou fuga’ do seu corpo a um acontecimento direto, como terminar um projeto ou lidar com o trânsito.Um pouco de estresse é totalmente normal – e pode até ser uma coisa boa, diz Aarti Gupta, diretora clínica do centro de ansiedade e terapia familiar TherapyNest, à mesma publicação. “Este ‘bom estresse’ pode ajudar a impulsioná-lo e motivá-lo a atingir seus objetivos”. Por outro lado, o “estresse negativo é mais crônico e pode ser prejudicial à sua saúde”, acrescenta.

Por outro lado, a ansiedade é um distúrbio clínico no qual as suas preocupações não têm necessariamente um gatilho específico. “A ansiedade é a sensação de desconforto, inquietação ou incerteza gerada internamente”, explica o professor de psiquiatria David Spiegel.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS