Mulher de 74 anos dá à luz duas meninas gêmeas

06 de setembro de 2019, 14:47

(Foto: Reprodução)

Erramatti Mangayamma se tornou a mulher mais velha a dar à luz na história.

Aindiana Erramatti Mangayamma esperou quase 60 anos para ter um filho com marido. Agora, aos 74 anos, realizou o sonho e teve duas meninas gêmeas saudáveis, após uma fertilização in vitro.

O parto aconteceu esta quinta-feira, dia 5 de setembro. As bebês têm 2 kg cada uma e estão bem de saúde, assim como a mãe.

Com este feito, ela se tornou a mulher mais velha a dar à luz no mundo.

Até agora quem detinha este recorde era Daljinder Kaur, também natural da Índia que foi mãe em 2016, aos 70 anos.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS