Morre vira-lata que visitou túmulo do dono por 11 anos

21 de fevereiro de 2018, 15:38

Capitán tinha quase 16 anos e estava doente, mas mantinha-se fiel a Miguel Guzmán.

 

A peregrinação diária de Capitán chegou a fim. O cachorro que visitou o túmulo do dono, no cemitério de Villa Carlos Paz, em Córdoba, todos os dias, por quase 11 anos, faleceu – conforme noticiou a imprensa da Argentina, nesta terça-feira (20).

O vira-lata mais fiel da Argentina tinha quase 16 anos e foi encontrado sem vida no banheiro do local. De acordo com Héctor Baccega, diretor do cemitério, ele enfrentava problemas renais, e tinha dificuldade de locomoção. “Todos os dias, por volta das 18h, visitava a sepultura do dono”, contou Baccega.

“Nunca vi uma coisa tão fiel”, completou Marta Clot, florista do cemitério, à agência EFE. Capitán foi um presente de Miguel Guzmán ao filho, Damián, em 2005. Um ano depois de ser doado, Miguel morreu. O animal fugiu de casa e passou a viver próximo ao cemitério.

Segundo Baccega, Capitán poderia ter sido internado, com apoio da Fundación Proteccionista de Animales (FUPA), “mas preferimos deixá-lo, onde vivia e sentia-se tranquilo”, contou o veterinário Cristhian Stempels ao jornal La Voz. Entendidades de defesa dos animais, querem enterrar Capitán ao lado de Miguel.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS