Modelo econômico da Ponte Salvador-Itaparica é apresentado na Bolsa de Valores

09 de outubro de 2019, 09:03

(Foto: Reprodução)

Investidores brasileiros e estrangeiros participaram nesta terça-feira (8), na Bolsa de Valores de São Paulo, da apresentação (road show) do projeto do Sistema Rodoviário Salvador – Ilha de Itaparica. Os secretários estaduais de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, e da Casa Civil, Bruno Dauster, e o secretário executivo do núcleo PPP (Sefaz), Rogério Princhak, fizeram a exposição das informações para organismos financiadores e responderam aos questionamentos dos participantes sobre o modelo econômico, assim como detalhes técnicos da obra.
 
“Apresentar características específicas, viabilidade e importância do projeto é de extrema relevância nesse processo de licitação, pois damos mais segurança aos possíveis investidores”, declarou Dauster. O secretário ainda destacou que o projeto não é apenas uma ação de governo. “Encaramos o projeto como um vetor de desenvolvimento. O nosso foco é no crescimento socioeconômico do estado, em fomentar as atividades industriais, turísticas e comerciais das regiões alcançadas, gerando mais emprego e renda”, disse. 
 
O projeto também contempla a implantação dos acessos à ponte em Salvador, por túneis e viadutos, e em Vera Cruz, com a ligação à BA-001, junto com uma nova rodovia Expressa, além da interligação com a Ponte do Funil, que também será revitalizada. Com a construção da ponte, mais de 10 milhões de baianos em 250 municípios serão beneficiados. Além disso, vai encurtar em 100 quilômetros a distância entre Salvador e o interior baiano.
 
O processo licitatório da ponte Salvador – Ilha de Itaparica está em andamento, com o leilão previsto para ocorrer no mês de novembro. “A expectativa é de que as propostas sejam apresentadas na Bovespa no dia 21, e no dia 27 aconteça a licitação na modalidade leilão. A empresa que solicitar a menor contraprestação máxima de R$ 56 milhões/ano do governo vai realizar a obra, que permitirá mais desenvolvimento para as regiões sul e oeste do estado”, ressaltou Marcus Cavalcanti. O edital do Sistema Viário Oeste pode ser consultado no site da Seinfra
 
Fonte: Ascom/Casa Civil e Seinfra

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS