Menino de 11 anos morre ao receber descarga elétrica de celular que estava carregando

24 de agosto de 2020, 12:16

Matheus Macedo Campos morreu após receber descarga elétrica do celular conectado ao carregador (Foto: Álbum de família)

Um menino de apenas 11 anos morreu na tarde de domingo (23), no Hospital Municipal Dr. Alberto Tolentino Sotelo, em Santarém, oeste do Pará, de parada cardiorrespiratória em decorrência de descarga elétrica recebida quando usava um telefone celular que estava carregando.

Segundo um site de notícias do Globo, o acidente aconteceu por volta das 14h, no bairro Mararu, na residência da família da vítima, quando o menino brincava no celular juntamente com quatro primos.

“Eles estavam brincando com os celulares. Foi tudo muito rápido. deu um curto-circuito, acho que estavam usando um beijamim (adaptador) para carregar os aparelhos na mesma tomada, mas foi só ele que recebeu a descarga. Ele não chegou a cair, ficou grudado na cadeira”, contou ao Globo a avó da criança.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado imediatamente, mas devido o menino ter ficado desacordado, os familiares saíram de casa com ele em um veículo particular antes da chegada da ambulância. O veículo foi encontrado pela ambulância no cruzamento da avenida Curuá-Una com a Moaçara.

O menino foi transferido do veículo particular para a ambulância onde recebeu manobras de reanimação porque havia sofrido uma parada cardiorrespiratória e o coração voltou a bater. Na chegada ao Hospital, a criança teve mais uma parada e desta vez, apesar das tentativas de reanimação, não reagiu mais.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS