Médico é preso após ser flagrado batendo ponto e deixando hospital

12 de abril de 2018, 10:22

Trata-se da primeira vez em que uma denúncia do gênero, envolvendo a ausência de um servidor público na Grande São Paulo, acaba em detenção.

Oito minutos. Este foi o tempo que um médico passou em um hospital público de São Paulo, após bater o cartão de ponto eletrônico, na noite desta quarta-feira (11). Enquanto deveria estar trabalhando na Policlínica Dona Luiza, em Guarulhos, o médico Pierre Simon estava em Barra Funda, na capital.

Conforme a Controladoria Geral de Guarulhos, depois de quatro horas, o médico voltou ao hospital, por onde ficou por duas horas. Segundo a Polícia Civil, o profissional foi preso em flagrante. Trata-se da primeira vez em que uma denúncia do gênero, envolvendo a ausência de um servidor público na Grande São Paulo, acaba em detenção.

No momento da prisão, flagrado pelo G1, o médico alega que cumpriu todo o horário, das 19h às 8h. Segundo a Controladoria, o médico foi investigado durante 30 dias. O material, registrado em foto e vídeo, mostra que houve dias em que ele permaneceu cerca de 10 minutos no Dona Luzia.

De acordo com a polícia, ele responderá por falsidade ideológica e será afastado do cargo até o fim da investigação. E, se condenado, pode ser demitido. Advogado do médico, Leandro Gomes disse que o cliente se “ausentava do plantão para fazer refeição, para procurar comida”. Gomes disse ainda que o médico assinou 19 prontuários na noite da terça-feira (10), o que comprovaria permanência no hospital.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS