Maduro diz que “arrebentará os dentes” de Brasil e Colômbia em caso de ataque

15 de janeiro de 2020, 10:40

As declarações de Maduro foram feitas durante discurso anual à nação na Assembleia Nacional Constituinte, composta por aliados do governo (Foto: Reprodução)

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, afirmou nessa 3ª feira (14.jan.2020) que a Força Armada Nacional Bolivariana está pronta para “arrebentar os dentes” de Brasil e Colômbia em caso de ataque militar.

“Elevamos a capacidade de defesa da pátria. Conheço os planos imperiais, conheço em detalhes os planos da oligarquia colombiana e de Jair Bolsonaro”, disse.

As declarações de Maduro foram feitas durante discurso anual à nação na Assembleia Nacional Constituinte, composta por aliados do governo.

Maduro voltou a dizer que o Brasil se envolveu no ataque a uma base no sul da Venezuela em dezembro de 2019.

“Um grupo de terroristas, mercenários, desertores, traidores apoiados, financiado e amparado pelos governos de Jair Bolsonaro do Brasil e Iván Duque da Colômbia assaltaram um quartel no estado Bolívar”, declarou. “Roubaram fuzis, lançadores de morteiros e mísseis estratégicos. Em uma sanha assassina, mataram um jovem soldado de nossa Força Armada Nacional Bolivariana.”

Disse que o regime “conseguiu capturar a maioria dos terroristas e recuperar 95% das armas roubadas”. “O resto foi levado para o Brasil, amparados pelo governo fascista de extrema direita de Jair Bolsonaro”, falou, sem apresentar provas.

À época, o Itamaraty negou qualquer envolvimento do Brasil no episódio. O governo brasileiro, no entanto, concedeu refúgio à 1 grupo de militares desertores do regime – decisão criticada pelo ministro das Relações Exteriores do regime, Jorge Arreaza.

O governo brasileiro faz oposição à gestão Maduro. Bolsonaro reconhece Juan Guaidó, principal nome de oposição na região, como presidente interino da Venezuela desde fevereiro do ano passado.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS