Juninho Pernambucano irá pagar tratamento de dependente agredido

11 de abril de 2020, 10:48

Circulou pela internet um vídeo em que Anderson pede esmola a um condutor que chega a puxar uma nota, para na sequência dar-lhe um tapa no rosto (Foto: Reprodução)

Oex-jogador Juninho Pernambucano, ídolo do Vasco e do Lyon, do França, prometeu pagar o tratamento de reabilitação de um dependente químico agredido em uma rua em Sinop, no Mato Grosso. Segundo o ex-atleta, o homem que aparece nas imagens chama-se Anderson e aceitou a ajuda oferecida.

Na última quinta-feira, circulou pela internet um vídeo em que Anderson pede esmola ao condutor de um carro. O homem conversa com o morador de rua e chega a puxar uma nota de R$ 20, para na sequência dar-lhe um tapa no rosto e dizer-lhe para ir trabalhar, chamando-o de “vagabundo”. As imagens foram gravadas de dentro do veículo e causaram revolta na internet.

Nesta sexta, Juninho postou em seu twitter que, por meio do advogado Rogério Pereira, conseguiu localizar Anderson e oferecer o tratamento médico para que ele possa se reabilitar.

“Estamos enviando hoje o Anderson, com seu consentimento, para uma clínica especializada em dependência química, onde ele ficará no mínimo três meses. A família do Anderson só falou coisas boas dele. E sabe que ele precisa de ajuda”, escreveu o jogador.

Em outras mensagens, o ex-jogador comenta sobre como é necessário que, antes de tudo, Anderson possa ter sua dignidade humana restaurada para que ele possa se recuperar e ser reintegrado à sociedade. Posteriormente, Juninho postou um vídeo em que Anderson aparece agradecendo pela ajuda oferecida.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS