Jornalista: programa secreto dos EUA segue avançando no estudo de OVNIs

07 de março de 2018, 10:02

Especialista diz que governo norte-americano estaria investigando os encontros de pilotos com OVNIs.

Em 2017, o jornal norte-americano The New York Times informou que o Pentágono recebeu do governo US$ 22 milhões para estudar objetos voadores não identificados. Apesar do Pentágono afirmar que o programa secreto tinha sido encerrado em 2012, o jornalista Leslie Kean acredita que isso é apenas o início.

Em entrevista à emissora WTOP, Kean contou que no momento o governo estadunidense está investigando os encontros de pilotos com OVNIs e que devemos esperar descobertas genuinamente importantes sobre o assunto.

Segundo o jornalista, especialistas nesta área há muito tempo tem se perguntado se o governo dos EUA está mesmo investigando casos com OVNIs, mas agora pode-se afirmar que é verídico.

“Nosso governo leva muito a sério [o assunto] para financiá-lo e estudar durante todos esses anos. Sabemos que este programa existiu e ainda existe […] investigando casos significantes de encontros de pilotos com tais objetos”, disse o repórter citado pelo portal Outer Places.

Continuando com o tópico, Kean se referiu ao incidente de 2004, quando pilotos militares viram no céu sobre San Diego um grupo de OVNIs de forma estranha e se movendo a velocidades extremamente altas.

“Os objetos daquele incidente de 2004 foram vistos chegando do espaço sideral. Eles entraram e depois saíram, rumo ao céu”, recordou o jornalista.

O incidente de 2004 com dois pilotos é abordado toda vez que se discute sobre o tema de OVNIs. Um dos pilotos, David Fravor, deu várias entrevistas insistindo ter visto provas que alienígenas tinham armas avançadas que poderiam desencadear uma “Guerra dos Mundos”.

Porém, nem todos os especialistas acreditam nisso. Alguns consideram que o incidente de San Diego é resultado de um ângulo fixo da câmera, fazendo com que o OVNI pareça mais impressionante do que realmente é, enquanto outro suposto OVNI acabou sendo um balão de aniversário.

Assim, se até o incidente mais convincente da história com OVNIs, provoca críticas e dúvidas, talvez seja errado achar que o governo dos Estados Unidos esteja avançando tanto no estudo de objetos extraterrestres, como afirma Kean, concluiu o artigo do Outer Places. Com informações do Sputnik Brasil.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS