JMC e Defesa Civil instalam placas informativas nas comunidades próximas a empresa, conforme estabelece a lei

23 de outubro de 2019, 17:42

(Foto: Ascom/Yamana Gold)

Iniciativa reforça cultura de prevenção da empresa, que em dezembro realizará teste inédito com sirenes de emergência

Depois da realização bem-sucedida do Primeiro Simulado de Barragens, a Jacobina Mineração e Comércio (JMC) e a Defesa Civil de Jacobina continuam implementando medidas de combate a emergências em Jacobina. A etapa atual é a reinstalação de placas de sinalização em bairros da cidade e promoverão, ainda este ano, um teste inédito na região Nordeste para simular o uso das novas sirenes. O teste, será realizado com os quatro alarmes dispostos no entorno da barragem da JMC, alcançando o perímetro que se estende de Canavieiras até o bairro do Nazaré. O investimento nos equipamentos chegou a R$ 1,5 milhões.

Conforme recomendações do Ministério Público e da Defesa Civil do Estado, as placas instaladas para o primeiro simulado, que ocorreu em fevereiro, foram substituídas por um modelo mais moderno e com informações mais claras para a população. “As placas estão sendo substituídas, algumas realocadas e outras estão sendo afixadas em comunidades que não tinham sido envolvidas na primeira etapa do simulado, sempre seguindo orientações da legislação e buscando garantir o acesso adequado dos moradores”, afirma o Gerente de Serviços Técnicos, Edvaldo Amaral. As sinalizações indicam rotas de fuga e pontos de encontro. “Esses locais foram definidos conforme a Portaria nº 70.389/2017 da Agência Nacional de Mineração (ANM) que orienta a instalação de placas e a realização de treinamento com as comunidades no perímetro de 10 km do empreendimento. São locais seguros e de fácil acesso a pé”, complementa o Engenheiro de Barragem, Lucas Vidal.

Em um ano, a empresa promoveu mais de dez reuniões comunitárias nos bairros do Pontilhão, Pontilhão de Canavieiras, Canavieiras, Novo Amanhecer, Jacobina IV, Morada do Sol, Jacobina III, Lagoa Dourada I e II, Cidade do Ouro, Anadissor e Nazaré, no intuito de informar a população sobre o comportamento seguro em situações de emergência , planejamento do simulado e a instalação das placas de sinalização.

A JMC reforça que suas duas barragens estão completamente seguras, com pleno atendimento aos requisitos técnicos e legais. O simulado, a instalação dos equipamentos e placas de sinalização fazem parte da cultura de prevenção da JMC e do compromisso em atender as exigências legais, que inclui ainda o monitoramento constante da segurança da barragem e os controles ambientais necessários para uma atuação responsável e transparente. “Estamos sempre abertos para ouvir, esclarecer dúvidas e apresentar as medidas de segurança de nossas operações através do programa Portas Abertas”, comenta a analista de comunicação da JMC, Elisangela Lopes. As instituições e/ou grupos que tenham interesse em agendar uma visita podem entrar em contato com a equipe de comunidades e comunicação por meio do telefone (74) 3621- 8110.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS