Jacobina: Prefeitura promove ações em apoio à agricultura familiar

17 de janeiro de 2020, 10:09

Agricultores familiares de Barrocão Velho posam para foto após mais um encontro com prepostos da Prefeitura Municipal e Banco do Nordeste (Foto: Ascom/PMJ)

A prefeitura de Jacobina, através das secretarias de Agricultura e do Meio Ambiente, com o apoio do Banco do Nordeste, vem realizando ações de apoio ao pequeno agricultor do município.

A Secretaria de Agricultura tem realizado trabalhos de prospecção de projetos nas comunidades e dando apoio na organização dos documentos com objetivo de identificar as necessidades dos produtores rurais em obterem o Cadastro Ambiental Rural (CAR), uma exigência legal para conseguir acessar os recursos do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).

O trabalho de realizar o cadastramento no CAR e no CEFIR (Cadastro Estadual Florestal de Imóveis Rurais) ficou sob responsabilidade da Secretaria de Meio Ambiente. Já o Banco do Nordeste, através do programa Agroamigo, recebeu as propostas dos agricultores familiares após visitas às comunidades.

O secretário de agricultura do município, Vlamir Mendes, ressalta que a associação rural que tenha interesse em participar ou elaborar projetos busque informações na pasta. Enquanto Daniel Moura, secretário de Meio Ambiente, destaca o trabalho de equipe entre as pastas municipais. Para ele foi de suma importância a união para a viabilização dos projetos.

Os trabalhos das secretarias também foram elogiados pelos produtores. O agricultor Ademailton Lima da Silva, conhecido como Poli, ressaltou a importância do apoio do prefeito Luciano Pinheiro em buscar a aproximação do Banco do Nordeste com os agricultores familiares. Poli, que é presidente da Associação Comunitária do Barrocão Velho, ressalta ainda a iniciativa do município em custear as despesas com as emissões do CAR-CEFIR. “Seria inviável o produtor pagar por este serviço”, disse.

Conforme o prefeito Luciano Pinheiro é um compromisso da sua administração ser um facilitador da promoção de emprego e renda através de ações que contribuam com o desenvolvimento do município e consequentemente melhore a vida dos seus moradores, seja na zona urbana como na área rural. “Temos o compromisso de trabalhar para melhorar a vida da população, através de ações nas mais diversas áreas, principalmente na área rural onde os agricultores familiares precisam da presença dos serviços do município para amenizar o sofrimento provocado principalmente por longos períodos de estiagens”, salientou o prefeito Luciano.

DIVULGUE A NOTÍCIA

Justiça multa Facebook em R$ 6,6 mi por compartilhar dados de usuários

OMinistério da Justiça e da Segurança Pública (MJSP) decidiu multar o Facebook em R$ 6,6 milhões por compartilhamento indevido de dados de usuários cadastrados na rede social. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) nesta segunda-feira, 30.

A multa, aplicada pelo Departamento de proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), órgão do MJSP, acontece após investigação que identificou “prática abusiva” por parte da empresa de tecnologia, que teria deixado vulneráveis dados de 443 mil usuários.

Segundo nota publicada no site da pasta, “o caso começou a ser investigado após notícia veiculada pela mídia, em 4 de abril de 2018, informando que os usuários do Facebook, no País, poderiam ter sofrido com o uso indevido de dados pela consultoria de marketing político Cambridge Analytica”, que ganhou notoriedade global por ter trabalhado na campanha presidencial de Donald Trump, nos Estados Unidos, e também para a campanha do Brexit, como é conhecido o processo de saída do Reino Unido da União Europeia.

Pelo Twitter, o ministro da Justiça, Sérgio Moro, destacou a decisão do ministério e afirmou que “as redes revolucionaram a forma pela qual nos comunicamos e expressamos, mas há questões sobre privacidade a serem consideradas”. O Facebook tem dez dias para recorrer da decisão.

VÍDEOS