Jacobina: Mesmo com o número de casos aumentando, prefeito deve anunciar a reabertura do comércio a partir deste sábado, dia 30

28 de maio de 2020, 16:18

Conforme Informativo Epidemiológico da Prefeitura, a cidade de Jacobina passa a ter 41 casos no novo coronavírus confirmados (Foto: Notícia Limpa)

A Prefeitura de Jacobina, através do Informativo epidemiológico do Coronavírus anunciou no final da manhã desta quinta-feira (28), a confirmação de mais 5 casos testados positivos no município. Com esses novos casos a cidade passa a contabilizar 41 casos, com uma morte. O documento mostra ainda que dos 584 testes realizados até o momento, 537 foram descartados e 6 aguardam resultados do Laboratório Central da Bahia (Lacen).

Em Jacobina parte dos estabelecimentos comerciais, como lojas de roupas, calçados e eletrodomésticos completarão nesta sexta-feira (29), duas semanas sem funcionamento, o que tem gerado insatisfação por parte de lojistas da cidade, mas de acordo ao prefeito Luciano Pinheiro, o Decreto que determinava apenas o funcionamento de serviços essenciais será alterado e a partir deste sábado, dia 30, os estabelecimentos que se encontram fechados passam a funcionar, com alguns critérios a serem estabelecidos.

A medida tomada para conter a aglomeração de pessoas nas ruas da cidade, visando o isolamento social, não tem sido respeitada por moradores que insistem em circular como se nada estives acontecendo, mesmo com o número de contaminados e mortos aumentando a cada dia no país e principalmente na Bahia, com destaque com o aparecimento de casos no interior do Estado.

Em conversa com o Notícia Limpa o prefeito Luciano Pinheiro confirmou sua intenção de abrir os estabelecimentos comerciais a partir deste sábado, mesmo não contando com o apoio do próprio comércio, citando inclusive a falta de propostas das entidades representativas, Associação Comercial e Industrial (Acija) e Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL). Para o gestor falta uma manifestação concreta com relação ao apoio às suas ações, para justificar seu posicionamento sobre a abertura, o que não tem ocorrido. “Está bem clara a minha posição, eu sou a favor da abertura, agora a gente não sente o respaldo do comércio. Eu sei que a responsabilidade é minha e sempre deixei bem clara minha posição com relação ao comércio”, disse.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS