Internet lenta? Veja dicas para melhorar o sinal de Wi-Fi em casa

30 de março de 2020, 08:35

Assim como todos os equipamentos eletrônicos e tecnologias, o WiFi está em constante evolução, portanto, sempre que puder, você deve atualizar os seus aparelhos para garantir sempre mais velocidade e confiabilidade na transmissão de dados. (Foto: Notícia Limpa )

Em tempos de coronavírus e recomendação de distanciamento social, muita gente se viu obrigada a trabalhar em home office e se distrair apenas com o que tem em casa. Por vezes, a internet parece estar mais lenta do que deveria – mas às vezes, a culpa pode estar na maneira como as redes de Wi-Fi estão configuradas.

Há, porém, algumas coisas que o consumidor pode fazer para tentar resolver ou pelo menos minimizar esses contratempos. Abaixo, veja algumas dicas fáceis de aplicar em casa para melhorar o seu sinal.

Evite usar muitos aparelhos conectados ao mesmo tempo

O melhor e mais fácil a fazer para diminuir problemas de conexão é diminuir a quantidade de dispositivos utilizando o sinal Wi-Fi ao mesmo tempo, já que um acaba “roubando” banda do outro.

Procure manter celulares desconectados do Wi-Fi durante o dia, se eles não forem necessários para o trabalho. Isso faz com que o próprio celular administre os downloads automáticos para o momento em que o sinal Wi-Fi estiver sendo menos usado. Se tiver alguma reunião ou chamada online importante, peça às outras pessoas da casa que evitem usar a internet para não haver interrupções.

Não faça downloads grandes enquanto trabalha

Isso vale para os principais aplicativos de entretenimento e jogos gratuitos. Muitos desses aplicativos fazem downloads e continuam funcionando em segundo plano, o que acaba usando da sua banda larga. Isso também pode ser resolvido ao desconectar o celular do sinal Wi-Fi. Procure também baixar músicas e vídeos, como filmes e séries, durante a noite, quando não estiver usando a internet, para assistir durante o dia.

Utilize repetidores de sinal

Os repetidores de sinal são uma boa alternativa para quem precisa ampliar a área de cobertura do sinal Wi-Fi. O aparelho recebe o sinal do roteador e o amplifica. Há, porém, alguns efeitos colaterais, como diminuição grande de velocidade e alta interferência. Pesquise bastante antes de comprar.

Verifique seu roteador e os repetidores de sinal

O problema de conexão também pode estar no seu roteador. Procure reiniciá-lo todos os dias para desconectar eventuais conexões que ainda estiverem ‘penduradas’. Se você utilizar repetidores de sinal, faça a mesma coisa com eles.

Se a qualidade do sinal Wi-Fi ainda estiver ruim, tente reposicionar seu roteador para uma área central da casa ou apartamento, que garante uma melhor cobertura. Colocar o dispositivo em uma posição mais alta também pode ajudar, pois diminui a interferência de móveis, por exemplo. Fique de olho ainda na quantidade de paredes que o sinal precisa atravessar – quanto mais obstáculos, pior pode ser a qualidade da conexão.

Utilize antivírus bom e atualizado

Alguns sinais lentos podem ser causados não pelo roteador, mas por malwares instalados no computador, que podem afetar a velocidade de conexão. Utilize um bom programa antivírus em seus dispositivos e o mantenha atualizado para evitar ataques de vírus, spam e phishing (roubo de informações de usuários).

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS