Igreja Evangélica promete imunização contra coronavírus e pode ser investigada por charlatanismo

02 de março de 2020, 14:39

Imagem de computador criada pela Nexu Science Communication, em conjunto com o Trinity College, em Dublin, mostra um modelo estruturalmente representativo de um betacoronavírus, que é o tipo de vírus vinculado ao COVID-19, mais conhecido como coronavírus ligado ao surto de Wuhan (Foto: NEXU Science Communication/via REUTERS)

Postagem em redes sociais chamava para culto em igreja evangélica em Porto Alegre (RS). Polícia Civil estuda eventual medida em relação à prática que poderia caracterizar charlatanismo

A promessa de bênção com óleo imunizador contra o coronavírus, anunciada por uma igreja de Porto Alegre neste domingo (1º), colocou autoridades gaúchas em alerta por se tratar de uma medida sem qualquer eficácia contra a covid-19. A doença tem dois casos confirmados no Brasil e outros 252 casos suspeitos — sendo 27 no Rio Grande do Sul. A reportagem é do Portal Zero Hora. 

A realização do culto religioso, marcado para às 19h pela Catedral Global do Espírito Santo, ganhou divulgação por meio de redes sociais e chegou ao conhecimento da Polícia Civil e do Conselho Regional de Medicina (Cremers) ao longo do dia, levando as duas instituições a estudar medidas contra eventual prática que caracterize charlatanismo, crime previsto no Código Penal com punição de três meses a um ano de detenção e multa.

A reportagem relata que, assim que recebeu uma cópia do convite, a chefe da Polícia Civil, delegada Nadine Anflor, designou uma equipe para assistir ao culto. — Vamos lá para observar e avaliar o que pode ser feito — disse. 

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS