Ifba abre 22 vagas para Educação de Jovens e Adultos

02 de outubro de 2017, 11:29

O Instituto Federal da Bahia (Ifba) abrirá nesta terça-feira, 3, inscrições para o Processo Seletivo destinado ao curso técnico de saneamento na forma integrada – modalidade Educação de Jovens e Adultos (Proeja).

Serão disponibilzadas 22 vagas. Para concorrer é necessário ter idade mínima de 18 anos, certificado de conclusão do ensino fundamental e não ter concluído o ensino médio.

O cadastro segue até sexta, 6.

Seleção

A seleção para essa modalidade é gratuita e consiste em entrevista socioeconômica e educacional que será realizada no ato da inscrição, na sede do campus, localizado na rua Emídio dos Santos, s/n°, Barbalho. Os interessados também vão participar de uma palestra informativa e elaborar um memorial profissional. As últimas etapas estão previstas para o dia 14 deste mês, das 8h às 10h.

O atendimento aos candidatos acontecerá das 15h às 20h, de 3 a 6 de outubro. Para os que pretendem concorrer às vagas destinadas a pessoas com deficiência, e das 13h às 15h, apenas no dia 6. Mais informações pelo telefone 2102-9511 ou no Edital da Seleção Proeja 2017.2, disponível no <a href=”http://salvador.ifba.edu.br/noticias/ifba-oferece-22-vagas-para-educacao-profissional-de-jovens-e-adultos-em-salvador.html” rel=”noopener” target=”_blank”>site</a> do instituto.
Fonte: A tarde

Principais sintomas físicos e mentais da abstinência de nicotina

A síndrome de abstinência de nicotina provoca inúmeros sintomas nos ex-fumantes. Contudo, explica um artigo publicado no portal Melhor Com Saúde, esses efeitos colaterais variam em intensidade dependendo da pessoa. 

O fato da nicotina ser uma droga muito viciante faz com que o hormônio conhecido como dopamina seja liberado no cérebro – este hormônio é responsável por aumentar a sensação de prazer e bem-estar. E como tal, o organismo reage negativa e violentamente à ausência da droga.

Ainda assim, a síndrome de abstinência de nicotina não representa qualquer risco para a saúde. Estima-se que os sintomas associados à condição afetam até 85% dos ex-fumantes. 

Os sintomas desta síndrome variam, mas, sem dúvida alguma, o mais comum é a vontade de fumar que pode surgir na presença de múltiplos estímulos, como por exemplo ver outra pessoa fumar, ou inclusive sem uma causa aparente.

Os principais sintomas da síndrome de abstinência da nicotina são os seguintes, de acordo com o portal Melhor Com Saúde:

Sintomas físicos

Aumento do apetite
Tosse
Boca seca
Dor de cabeça
Tontura
Fadiga
Coriza (inflamação da mucosa das fossas nasais; rinite, defluxo)
Dor de garganta, na língua ou gengivas
Sensação de aperto no peito
Ganho de peso
Frequência cardíaca mais lenta ou bradicardia
Obstipação
Hipotensão

Sintomas mentais

Ansiedade, inquietação e irritabilidade
Dificuldade em se concentrar
Insônia e dificuldade para dormir bem
Raiva e frustração
Depressão
Desânimo
Mau humor

Os sintomas da síndrome de abstinência da nicotina normalmente duram de 4 a 12 semanas e surgem nas primeiras 12 a 24 horas após parar de fumar. 

Os especialistas explicam que a fase mais critica são as primeiras duas a três semanas de cessação tabágica. Sendo que os sintomas começam gradualmente a desaparecer e, com o tempo o indivíduo aprende a controlar o desejo de fumar. 

VÍDEOS