Homem pateta’ aterroriza web e polícia alerta: “Induz ao suicídio

25 de junho de 2020, 14:01

A polícia fez um alerta sobre um perfil no Facebook que está aterrorizando crianças e jovens (Foto: Divulgação)

As autoridades policiais do Brasil está lançando uma série de alertas aos pais de crianças e adolescentes para a existência de uma personagem nas redes sociais que estaria motivando os mais novos a cometer o suicídio.

O personagem em causa é conhecido pelo nome de Jonatan Galindo e usa em seu perfil nas redes sociais uma imagem que faz lembrar o Pateta, da Disney.

Segundo o site Metrópoles, vários perfis têm sido criados para se aproximar de jovens no Facebook e, por meio de mensagens perturbadoras, tentam induzir ao suicídio.

Vale lembrar que esta não é a primeira vez que situação semelhante acontece. Em 2017, nasceu na Rússia, o desafio da Baleia Azul, que incentivava os mais novos a automutilarem-se e a cometer o suicídio.

O primeiro perfil do ‘Homem Pateta’ foi criado na Europa, em 2017, com posts em espanhol. “Este perfil faz o desafio para que o interessado envie uma mensagem privada e, em resposta, passa a enviar vídeos, textos, áudios e até a fazer videochamadas. Essas mensagens causam desconforto, medo, terror e podem até induzir ao suicídio”, explica a delegada de Polícia Civil Fernanda Lima, num vídeo na sua conta no Instagram.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS