Homem é atropelado, foge de hospital e morre ao ser atropelado de novo

12 de julho de 2018, 14:15

Segundo o a unidade de saúde, o paciente retirou equipamentos e identificação durante crise de abstinência alcoólica –

 

O paraibano Edvaldo Monteiro da Silva, de 33 anos, morreu após ser atropelado pela segunda vez no mesmo dia. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o primeiro incidente ocorreu na manhã de terça-feira (10), em Campina Grande. A vítima foi socorrida para um hospital da cidade, mas fugiu antes de receber alta médica e foi atropelada novamente no fim da tarde.

Como apurado pelo UOL, os dois motoristas fugiram dos locais do acidente sem prestar socorro. Eles ainda não foram identificados. Chovia no momento do segundo acidente, que ocorreu na altura do km 161 da BR-230.

Testemunhas contaram à polícia que viram Edvaldo deixando o Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, em Campina Grande, onde ele estava internado na ala cirúrgica.

O diretor-geral do hospital contou ao site que o paciente teve uma crise de abstinência alcoólica, retirou a identificação e disse aos funcionários do hospital que era acompanhantes.

“O paciente retirou a pulseira de identificação, foi abordado pelo apoio e mentiu dizendo que era acompanhante. Ele teria arrancado o dreno de tórax e soro após agitar-se em função de uma síndrome de abstinência alcoólica”, explicou.

A irmã de Edvaldo o acompanhava no hospital. Ele aproveitou para fugir quando ela saiu para jantar.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS