Filipinas suspendem compra de frango do Brasil por Covid

14 de agosto de 2020, 21:44

Decisão foi tomada após a China detectar o vírus na carne (Foto: Reprodução)

O governo das Filipinas anunciou nesta sexta-feira(14) a suspensão temporária das importações de carne de frango do Brasil, após a China afirmar ter encontrado indícios do novo coronavírus Sars-CoV-2 em um carregamento de asas de frango produzidas no país.

A decisão foi informada pelo Departamento de Agricultura das Filipinas à agência Reuters, que não revelou por quanto tempo a medida será válida.

Em comunicado, o governo de Rodrigo Duterte afirmou que a proibição ocorre em decorrência dos relatórios recentes da China e está em conformidade com a Lei de Segurança Alimentar do país para regulamentar os operadores de empresas de alimentos e proteger os consumidores filipinos.

Apesar da medida, as Filipinas garantiram aos cidadãos que os frangos que estão disponíveis no mercado podem ser consumidos em segurança.

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), que representa os frigoríficos do país, disse, por sua vez, que até o momento não foi notificada formalmente sobre a eventual suspensão das exportações.

Atualmente, o Brasil responde por cerca de 20% das importações de frango para o país asiático e já vendeu US$31,4 milhões, o equivalente a 50,3 mil toneladas, aproximadamente 2% das exportações brasileiras, entre janeiro e julho. (ANSA)

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS