Família brasileira celebra beatificação de Carlo Acutis

03 de outubro de 2020, 09:38

Assim está o corpo de Carlo Acutis 14 anos depois de sua morte (Foto: Diocese de Assis-Nocera Umbra-Gualdo Tadino)

Jovem que faleceu em 2006 será beatificado na Itália no próximo dia 10 de outubro e há um milagre atribuído a ele na capital de Mato Grosso do Sul. ‘Se não fosse por ele, não teríamos o Matheus vivo, grande e saudável’, diz mãe – 

“Se não fosse por ele, não teríamos o Matheus vivo, grande e saudável. Ele foi desenganado aos três anos de idade”, disse nesta sexta-feira, 2, a mãe de Matheus Vianna, de 10 anos, Luciana Lins Vianna, de 40. Alegre, ela comemora a beatificação de Carlo Acutis, a quem é atribuída a intercessão para cura do menino.

Carlo será beatificado no próximo dia 10 de outubro, na Itália, em Assis, cidade onde viveu a maior parte de seus 15 anos de vida até falecer em 2006, vítima de leucemia. Já o milagre atribuído a ele aconteceu em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, em outubro de 2013.

Quando tinha três anos de idade, Matheus foi curado de doença rara congênita, chamada pâncreas anular, ao pedir para “parar de vomitar” ao venerável prestes a ser beatificado, Carlo Acutis.

Luciana lembra que foi constante em oração pedindo a cura do filho, diagnosticado com a doença aos 2 anos de idade. Como nenhuma comida parava no estômago, o menino vomitava o tempo todo e podia se alimentar apenas de líquidos, o que o fazia ter baixo peso e pouco desenvolvimento para a idade.

“Foi uma luta para ganhar peso, porque ele teria que ganhar peso para fazer a cirurgia. Mas ele só diminuía. Desenvolvia a parte óssea, mas ele era muito pequeno, bem magrinho. Procurei a melhor especialista para ele fazer a cirurgia, mas ela negou. Disse que era impossível porque ele estava abaixo peso e disse que se ele passasse pela cirurgia, ia morrer, não ia suportar.”

A mãe conta que no desespero ao saber que o filho não sobreviveria, lembrou das palavras do pároco da São Sebastião, Marcelo Tenório, que “sempre dizia na homilia que o Carlo precisava de um milagre pra ser canonizado e vocês, que precisam do milagre, peçam pra ele. E foi o que eu fiz, pedi pro Carlo”, lembra.

O padre, que havia se tornado amigo da família de Carlo na Itália, trouxe para o Brasil uma relíquia do jovem – a parte do tecido de uma roupa – que fez parte de celebração da bênção na igreja no dia 12 de outubro – Dia de Nossa Senhora Aparecida e data em que, no ano de 2006, Carlo Acutis faleceu.

“Eu pensei que ele pediria um brinquedo, mas no entendimento dele, ele pediu a cura”, disse a mãe. A partir desse dia, Matheus passou a conseguir se alimentar com comidas sólidas, nunca mais vomitou e teve certeza da cura em fevereiro de 2014, quando exames médicos mostraram que não havia mais nenhum problema de saúde.

Considerado “ciberevangelista” e “padroeiro da informática”, Carlo teve seu corpo exumado no ano passado e encontrado sem sinais de decomposição.

Fonte: Terra

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS