Exploradores descobrem ‘mundo subterrâneo perdido’ de 3 andares na Antártida (FOTOS)

12 de setembro de 2019, 16:01

Caverna de três andares descoberta na Ilha Galindez, Antártida (Foto: Ministério da Educação e Ciência da Ucrânia)

Durante as primeiras expedições na Antártida, exploradores polares descobriram uma caverna de gelo “perdida” com três andares, vários lagos e um rio.

A formação geológica foi encontrada na ilha Galindez, onde estão baseados os exploradores da Expedição Antártida Ucraniana (UAE).

Havia uma entrada conhecida para a caverna em frente à estação costeira da ilha, mas há alguns anos a abertura ficou bloqueada quando uma geleira se deslocou para o oceano.

Após várias tentativas de encontrar uma nova entrada para a caverna, o grupo de pesquisadores encontrou uma abertura em uma antiga base britânica. Dessa forma, eles descobriram que a caverna é realmente três vezes maior do que se pensava anteriormente.

No piso inferior da magnífica caverna a equipe encontrou um lago congelado e um salão gigante que é quase tão alto quanto um prédio de quatro andares (12 metros), tendo oito metros de largura e 30 metros de comprimento.
 
 
Sobre os três andares da caverna, com cerca de 200 metros de passarelas, a equipe também descobriu um rio de gelo e uma pena de pássaro em um bloco de gelo 20 metros abaixo da superfície.
 
 
Os membros da equipe sabem que a pena não pertence a nenhum Pinguim, mas a amostra foi enviada de volta para a Ucrânia para um exame mais aprofundado a fim de determinar exatamente a que animal pertence e há quanto tempo tem estado lá.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS