EUA teriam tecnologia para ‘teletransportar’ pessoas a qualquer lugar do mundo

15 de dezembro de 2019, 19:31

Washington tem tecnologia que pode transportar pessoas para qualquer lugar do mundo em menos de uma hora, afirmou ex-militar norte-americano (Foto: Reprodução/Sputinik)

Segundo as declarações do ex-tenente-general da Força Aérea dos EUA Steven L. Kwast, o Exército dos EUA e seus parceiros industriais já desenvolveram tecnologias de última geração com potencial para mudar drasticamente o campo aeroespacial.

Esse desenvolvimento “pode ser construído hoje com tecnologias [não experimentais] para trazer uma pessoa de qualquer lugar da Terra para qualquer outro em menos de uma hora”, destacou Kwast em uma palestra recente em Washington.

O comentário, citado pelo portal The Drive, é apenas uma das curiosas declarações feitas pelo ex-militar, e parece indicar que podemos estar perto de um salto tecnológico em relação a transportes.

Tecnologia revolucionária

Na opinião de Kwast, essa tecnologia revolucionária tem o potencial de tornar obsoletas as capacidades aeroespaciais existentes.

Considerando os avanços de outras nações, como a China, o Exército dos EUA deve impulsionar o investimento em tecnologias espaciais, sugere o militar aposentado.

Ele propõe que Washington assuma um papel mais forte fora dos limites da terra, com o objetivo de garantir o domínio econômico americano.

“O poder do espaço mudará o poder no mundo para sempre”, ressalta.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS