EUA fracassam em intervir na Venezuela, assegura Evo Morales

11 de julho de 2019, 10:46

(Foto: Divulgação)

Nesta quinta-feira (11), o presidente da Bolívia, Evo Morales, disse que Washington falha ao tentar intervir em Caracas.

“Os Estados Unidos falham em sua intervenção na Venezuela, falham com a invasão, falham com [a tentativa de] golpe de Estado e com todas as políticas agressivas, econômicas e militares”, afirmou Morales ao site Sputinik.

O presidente boliviano também acrescentou que as políticas “do governo dos EUA em relação à Venezuela não são políticas de governos latino-americanos”.
O líder boliviano alertou anteriormente que nem uma intervenção estrangeira nem um golpe de Estado resolverão os problemas da Venezuela, e convocou os países latino-americanos a preservarem a paz regional.

Morales reafirmou seu apoio ao governo do presidente venezuelano Nicolás Maduro, diante de problemas econômicos internos e forte pressão internacional liderada por Washington que apoia o autodenominado “presidente interino” Juan Guaidó.

Visita de Morales à Rússia

O presidente russo Vladimir Putin se reuniu com o presidente boliviano Evo Morales nesta quinta-feira (11) em Moscou para discutir a cooperação entre os dois países e trocar opiniões sobre as principais questões internacionais e regionais.
Ambos os líderes já debateram o estado atual das relações entre os dois países, bem como a cooperação nas esferas comercial, econômica e humanitária.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS